PRESIDENTE PRUDENTE REPUDIA MANOBRA DA DEFENSORIA PÚBLICA


21/07/2008

Os advogados da Subsecção de Presidente Prudente, após deliberação em assembléia nesta segunda-feira (21/7), na Casa do Advogado, resolveram - por unanimidade - expressar irrestrito apoio ao presidente da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil do Estado de São Paulo - Luiz Flavio Borges D’Urso - pelo posicionamento contrário à suspensão das negociações concernentes à correção dos valores da tabela de honorários do Convênio de Assistência Judiciária mantido com a Defensoria Pública do Estado de São Paulo.

 

“Esta Subsecção repudia a manobra levada a efeito através da publicação do edital que dispõe sobre as regras gerais de prestação de assistência judiciária complementar no Estado de São Paulo, cujas cláusulas são extremamente prejudiciais aos legítimos interesses dos advogados e contrário ao interesse público, recomendando-se aos advogados não aderirem aos termos do referido edital”, destaca José Francisco Galindo  Medina, presidente da OAB Presidente Prudente.

 

Conforme Medina, a Subsecção Presidente Prudente desaprova qualquer meio de burlar o decidido em reunião e os participantes da reunião deliberativa decidiram pela não realização de qualquer ato “ad hoc”, devendo ser comunicados os juízes da Comarca acerca desta deliberação.

Tags: