MAIRIPORÃ ESTÁ INDIGNADA COM SITUAÇÃO AVILTANTE DA ADVOCACIA PAULISTA DENTRO DO CONVÊNIO DE ASSISTÊCIA JUDICIÁRIA


22/07/2008

A Subsecção de Mairiporã, através do seu presidente Miguel Nagib Moussa, e de toda a sua Diretoria, respaldados pela maioria dos 78 advogados inscritos no Convênio de Assistência Judiciária naquele município, apóia medidas tomada pela Seccional.

A Diretoria da Subsecção e os advogados de mairiporã se mostraram sensíveis à renovação do Convênio de Assistência Judiciária e indignados com a situação aviltante por que passa a advocacia paulista, manifesta o seu apoio ao posicionamento e às medidas adotadas pelo presidente da Seccional - Luiz Flavio Borges D’urso - nas negociações de renovação do Convênio de Assistência Judiciária com a Defensoria Pública do Estado.         

 

Conforme Moussa, “a Subseção também deliberou pelo repúdio à realização de nomeações ad hoc, fato inclusive já comunicado aos juízes das comarcas que a Subsecção abrange, bem como pela posição de não aderir ao edital de inscrição individual na assistência judiciária, publicado pela Defensoria Pública, que foi considerado ilegal, inoportuno e abusivo”.

Tags: