BIRIGüI RECONHECE EMPENHO DA SECCIONAL NA RENOVAÇÃO DO CONVÊNIO


28/07/2008

O presidente da Subsecção de Birigüi, Aécio Limieri de Lima, e o presidente da Comissão da Assistência Judiciária, Paulo Vaginaldo Cruz, divulgaram comunicado, apoiando as medidas adotadas pela Seccional na renovação do Convênio de Assistência Judiciária e reconhecem o empenho da Seccional.

Veja documento:

Conta a Subsecção de Birigüi/SP, com quase 650 (seiscentos e cinqüenta) advogados inscritos, sendo que mais da metade, prestavam serviços profissionais para com a Assistência Judiciária, sendo que os valores que estavam sendo pagos eram por demais aviltantes.

Vêm a Ordem dos Advogados do Brasil, através da 68ª Subsecção de Birigüi, através de toda a sua Diretoria, publicamente manifestar o seu apoio as medidas adotadas e tomadas pelo Ilustre Presidente da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil, Dr. Luiz Flavio Borges D’urso, quanto a não renovação do Convênio da Assistência Judiciária com a Defensoria Publica do Estado de São Paulo, ante a intransigência desta em cumprir os acordos firmados anteriormente.

São aviltantes os valores pagos a título de honorários, não podemos admitir que a Defensoria Pública, que tem o Dever Constitucional de promover o atendimento à população carente, e não o faz, recuse-se a remunerar condignamente o profissional Advogado que desenvolve as atribuições equiparadas.

Nossos advogados, prestam há bem mais de vinte anos relevantes serviços para com os interesses da população carente, desempenhando suas atividades com zelo e respeito aqueles que os procuram, mantendo plantões diários na Casa do Advogado e Cidadania e Fórum, além dos atendimentos especializados das Comissões.

E é por tudo isso, que não podemos aceitar a desídia e o descaso para com a Classe dos Advogados, que tem sido tratada pela Defensoria Pública do Estado de São Paulo.

Certos de podermos contar mais uma vez com dedicação de toda a Diretoria da Seccional de São Paulo, cujos dirigentes sabemos que se encontram empenhados em solucionar esse impasse provocado pela Defensoria Pública do Estado de São Paulo, Instituição essa recém criada, que ao menos deveria respeitar a velha e respeitada OAB.

Ao ensejo, apresentamos nossos votos de elevada estima e consideração.

Aécio Limieri de Lima

Presidente da Subsecção

 

Paulo Vaginaldo Cruz

Presidente da Comissão da Assistência Judiciária.

AÉCIO LIMIERI DE LIMA

aecio.lima@ig.com.br

 

Tags: