OAB SP VAI ACOMPANHAR INVESTIGAÇÕES SOBRE ADVOGADO ASSASSINADO EM OSASCO


26/09/2008

O presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, lamentou o brutal assassinato do advogado Márcio Roberto Campos, 36 anos, na noite de quinta-feira (25/9), com cerca de oito tiros na região da cabeça. Campos estava dirigindo um carro na cidade de Osasco e os tiros teriam sido desferidos por ocupantes de uma moto, quando parou em um farol.

“ Lamento a perda de mais um colega e deixo meus pêsames a familiares e amigos. Vamos cobrar das autoridades uma apuração rápida  para chegar aos autores deste crime. A Ordem acompanhará o inquérito  por meio da Comissão  Especial de Acompanhamento de Inquéritos dos Advogados Vítimas de Homicído para avaliar se ele morreu em decorrência do exercício profissional”, afirma D´Urso.

 

 

De acordo com o presidente da OAB SP, o fato de a vítima ser um advogado e pela forma como o crime aconteceu , pode-se  inferir que tenha sido uma execução. “É fundamental que se faça justiça”, finalizou D´Urso. Márcio Roberto Campos era criminalista e estava inscrito na OAB SP desde 2003.