OAB SP TEM SUA CERTIFICAÇÃO ISO 9001 RENOVADA POR MAIS TRÊS ANOS


08/10/2008

O auditor líder da certificadora GLC (Germanischer Lloyd Certification), Nairson Oliveira, comunicou nesta quarta-feira (8/10) à diretoria da OAB SP, na reunião de entrega do Relatório Final da Auditoria Externa, a decisão de que OAB SP teve sua certificação ISO 9001 renovada por mais um ciclo de 3 anos.

 “A equipe auditora ficou satisfeita porque fazer a gestão de uma ISO 9001 num modelo descentralizado é muito difícil. A todos, meus parabéns, porque o resultado foi muito positivo. Como é praxe nessas reuniões de encerramento, foram apontadas algumas notas de não conformidade, deixando bem claro, que não são deméritos. Essa avaliação por ser uma nova certificação – a Ordem já havia passado por um ciclo – é alvo de um pente um pouco mais fino.É a máxima da qualidade , da melhoria contínua, que acaba se aprofundando. Mas são coisas simples, que vão agregar mais o sistema se implementadas”, afirmou  Nairson. O auditor líder propôs, ainda, a adoção pela Ordem da ISO ambiental, lembrando que seria mais um avanço no processo da qualidade total.

 

O diretor-tesoureiro, Marcos da Costa, lembrou que a comunicação oficial da conquista da nova certificação será feita durante o XXXII Reunião de Presidente de Subsecções, que acontece em Campinas de 17 a 19 de outubro. “ O Colégio de Presidente de Subsecções constitui  uma massa critica muito importante no processo da ISO”. Costa também explicou que esse momento do processo da qualidade total é diferenciado.  “ Estamos num momento mais importante  do que em outros passados. A primeira certificação no prazo de 3 anos, processo deflagrado na Reunião de Presidentes, em novembro de 2004, com  validação a cada ano. O que acontece hoje não é mera validação da primeira certificação, é uma nova certificação, daí porque o grau de exigência foi maior. Para  a Ordem é importante pelo conceito de melhoria continuada e também nessa nova certificação, com a entrada dos novos departamentos – Jurídico, Assistência Judiciária e Cultura e da Subsecções, que somados já correspondem em termos de público alvo  a 90-% de nossa classe. Faltam 10% que temos de ir buscar e mostrar a importância que a Ordem empresta à busca contínua de  mudança de paradigma , visando a satisfação do cliente – os advogados e estagiários. Parabéns ao presidente D´Urso que trouxe essa iniciativa”, concluiu. 

Paradigma nacional 

Igualmente entusiasmado estava Odécio Branchini, consultor de qualidade. “ A OAB SP está servindo de paradigma para outras Seccionais e isso  é bom também para a gestão do Judiciário como um todo. Em todos os locais onde a gente comenta que uma entidade desse porte tem essa experiência com a gestão de qualidade,  melhora a visibilidade da gestão de qualidade. Não é o sistema que ajuda a Ordem, mas acontecem também o oposto. Tenho certeza de que com essa garra e determinação, dentro em breve, a OAB SP estará com 100%, seja dos inscritos , seja dos processos da Seccional envolvidos com o sistema de gestão. É fundamental que as pessoas saibam que a gestão está sendo feita no ponto de início, na sala dentro do fórum, e o presidente, o diretor da Seccional, o diretor de Subsecção e o gerente da área têm ferramentas para administrar. Sinto-me orgulhoso de ter participado e contar com pessoas importantes da Ordem, que se envolveram diretamente”, ponderou.

 Berilo Gonçalves de Oliveira, coordenador do Sistema de Gestão da Qualidade , ressalta que na primeira etapa do processo participaram 6 subsecções maiores, depois ingressaram 76 e agora  21 subsecções , que ele acompanhou . “É importante que todos tenham interesse,  por conta de que as Subsecções que estão participando estão apresentando resultados melhores. Isso está servindo de  incentivo. Em termos de facilidade, o engajamento de todos é importante. Em termos de dificuldade, observo  a tímida participação dos inscritos nas pesquisas, um dos pilares da qualidade é o feed back de quem está recebendo o serviço. O desafio é motivar os funcionários nas Subsecções  para que eles através de uma cumplicidade consigam esta opinião para que possamos aprimorar a qualidade, que é um crescente”, destacou.

 Dedicação dos colaboradores

 Para o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, essa nova vitória da Ordem   só foi possível, desde a primeira certificação visando a qualidade na prestação de serviços devido à  dedicação dos funcionários “ no sentido de melhorar o atendimento dado ao advogado, a advogada, aos estagiários, à sociedade, cada um no seu espaço de responsabilidade dentro da OAB SP. Vestem a camisa, são dedicados a este propósito de fazer uma OAB SP diferente, que atenda a expectativa de todos”, disse. D´Urso ressalta que o  comprometimento da Casa com a ISO é inegável. “Em todos os momentos, temos dado demonstração, não só na materialização que isso tem para a nossa administração, mas também no viés da modernização de nossa entidade, facilidade que traz ao nosso trabalho e no aperfeiçoamento  que buscamos, todos juntos, fazer aqui.”, comentou.

 D´Urso chamou a atenção sobre a sinceridade de propósitos que  move todos os envolvidos no plano da obtenção da certificação e ideal de atendimento. “Ideal  buscado de maneira permanente. Se tivesse de fazer um paralelo, faria com a felicidade. Temos momentos de plenitude, no qual  nos sentimos felizes , mas logo em seguinte surge uma nova não conformidade e nós vamos buscar uma outra forma de felicidade. É o que fazemos aqui. Há um objetivo , nos vamos trabalhos juntos, esse objetivo é alcançado, queremos mais e mais e essa busca permanente  nos move e nos alegra quando cumprimos mais uma etapa. Isso não é um ponto de chegada , mas é uma etapa de passagem a estabelecer um objetivo mais a frente que iremos alcançar. Nossa gestão, com a colaboração de todos, deu um passo tão importante e irreversível para a OAB SP, não há quem possa fazer reverter esse processo que sem dúvida estamos realizando para o futuro da nossa entidade”, concluiu.

 Participaram também da reunião, Horione Candido Mani, gerente de informática; Marinêz Monteiro, gerente de Recursos Humanos; Caio Gonçalves de Souza, gerente da Assistência Judiciária; Alexandra  Schiavinato , do Departamento Jurídico; Danilla Edda, assistente administrativo e Paula Demetrio Gomes, auxiliar administrativo.