OAB SP É INCLUÍDA NO FUTURIDADE


09/02/2009

A OAB SP, através da sua Comissão de Defesa dos Direitos do Idoso, foi incluída no Grupo Gestor Deliberativo do Plano Estadual para a Pessoa Idosa – Futuridade.

O Grupo, que existe somente no estado de São Paulo, inicia suas atividades no dia 10 de fevereiro com uma oficina de apresentação que visa sensibilizar profissionais com interesse em trabalhar com idosos. Diversas áreas podem ser contempladas, como saúde, cultura, esporte, transporte e segurança pública.

A OAB SP, que também participará da oficina, destacou-se na defesa dos direitos dos idosos pelas campanhas institucionais “Todos nós envelhecemos” e outra de combate à violência ao cidadão mais velho. Como conseqüência deste trabalho, a presidente da Comissão de Defesa dos Direitos do Idoso da OAB SP, Maria Elisa Munhol, também conseguiu assento como delegada na Conferência Nacional da Pessoa Idosa, em março de 2009.

 

Vinte e seis diretorias regionais de assistência social- DRADs – em todo estado darão suporte ao Futuridade, que realiza dia 28 de março o primeiro encontro com seus parceiros. Em breve o Grupo terá uma página na internet  na qual os colaboradores poderão promover reuniões on-line e fóruns. 

 

Posse no Conselho

No final do ano passado, Maria Elisa Munhol tomou posse como conselheira-suplente do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso (CNDI). A cerimônia foi prestigiada pelo secretário especial dos Direitos Humanos da Presidência da República , Paulo de Tarso Vannuchi.

 

O CNDI tem por finalidade elaborar as diretrizes para a formulação e implementação da política nacional do idoso, observadas as linhas de ação conforme a Lei número 10.741, de 1º de outubro de 2003, que instituiu o Estatuto do Idoso. Além disso, cabe ao Conselho acompanhar e avaliar a execução da política nacional do idoso.

Os cidadãos mais velhos representam cerca de 9% da população brasileira. Infelizmente, muitos sofrem violência e maus-tratos em casas de repouso e até mesmo nas suas residências. A Comissão de Defesa dos Direitos do Idoso da OAB SP e o CNDI visam justamente ao esclarecimento e conscientização da população sobre os direitos dos idosos, tais como dignidade, integridade física, psíquica e mental.