II FEIRA DE NOVOS MERCADOS DE TRABALHO BATE RECORDE DE PÚBLICO


16/04/2009

Com número recorde de 15 mil inscritos, começou na última terça-feira (14/4), a segunda edição da Feira de Novos Mercados de Trabalho, uma parceria da OAB SP e da CAASP, para proporcionar novos negócios e ampliar a oferta de empregos e contatos entre os profissionais de Direito. A abertura solene foi às 19 horas, no auditório Elis Regina, Anhembi.

"A primeira edição da feira, em 2006, foi modesta, mas o sonho vingou e o projeto se ampliou", discursou o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D'Urso. "Vamos para a terceira, a quarta,  a quinta feira e assim por diante. Há coisas na Ordem que são irreversíveis," afirmou.

D'Urso salientou o crescimento do mercado de trabalho para os advogados. "Dizem que o mercado de trabalho está saturado para os advogados.Não é verdade. O mercado só está saturado para o especialista em despejo da dona Maria, para quem terminou a faculdade e parou de estudar. A advocacia demanda estudo diário. Os novos mercados estão aí, mas exigem competência, estudo e determinação", afirmou.

O presidente lembrou que a feira terá uma Central de Currículos na qual os estudantes e advogados poderão registrar informações como área de interesse e tempo de experiência. "A OAB vai fazer chegar aos escritórios os profissionais com o perfil que eles procuram." Por fim, D'Urso lançou o desafio de recolher vinte mil assinaturas no evento pela aprovação do projeto de lei que criminaliza a violação das prerrogativas profissionais dos advogados. "Já temos 80 mil assinaturas. Como há 12 mil inscritos na Feira, aposto que conseguiremos levar cem mil assinaturas ao Senado, onde o projeto em questão será analisado."

Em seu discurso, o coordenador da Feira e diretor executivo da Caasp, Anis Kfouri Júnior, destacou  que a idéia do evento foi proposta ao presidente D´Urso em um café da manhã , em função dos currículos de advogados e estagiários que vinham chegando à presidência da Ordem e despachados para encaminhamento a escritórios de advocacia.

"O conceito deste evento é pioneiro", explicou Kfouri, "pois em um único lugar advogados e estudantes de Direito encontram todos os serviços da OAB SP/CAASP, além da possibilidade de visitar escritórios, encontrar oportunidades de trabalho , agregando mais de 30 atividades gratuitamente em um mesmo local”.

Kfouri explicou ainda o símbolo da Feira - as três mãos unidas - representa o necessário diálogo entre a advocacia, o poder público e a magistratura. “É mais do que uma feira de trabalho, sendo o conceito similar ao de um shopping center cultural da advocacia”, afirmou. Por fim, o coordenador do evento lançou o convite a todos os presentes de realizarem anualmente o congresso da família forense para discutir as tendências do Direito.

 

Lembrando que a informatização no Direito é um processo irreversível, o presidente da CAASP, Sidney Uliris Bortolato, anunciou que os advogados que receberem a carteira profissional durante o evento ganharão de brinde o software Integra. "Além de ter uma sólida formação acadêmica, o advogado do século XXI precisa lançar um olhar atento às oportunidades que se apresentam, seja ele recém-formado ou veterano", declarou o presidente da CAASP.

 

Parcerias culturais e de aperfeiçoamento

Representando o prefeito Gilberto Kassab, o secretário municipal do Trabalho, Marcos Cintra, salientou que é fundamental investir em capital humano para ter sucesso no mercado de trabalho. "A questão do trabalho é uma das mais importantes hoje no Brasil", declarou Cintra. "Eventos como esta Feira deveriam ser realizados também por outras categorias profissionais."

Segundo o secretário, seis mil pessoas se empregam por ano em escritórios de advocacia, seja como advogados, arquivistas, secretárias etc. Em vista disso, a prefeitura colocou à disposição na Feira seus centros de atendimento ao trabalho para intermediar a contratação de mão-de-obra e a qualificação da mesma. Durante o evento, foi assinado um protocolo de intenções entre a OAB SP, a secretaria municipal do Trabalho e a CAASP com o objetivo de intensificar a capacitação profissional na área de Direito e a intermediação de mão-de-obra profissional para os escritórios de advocacia e departamentos jurídicos.

A OAB  SP e a CAASP também assinaram convênio cultural com a Editora Três, sendo que Marcos Chebab, executivo de novos negócios da empresa, afirmou que essa parceria reforça o compromisso com a formação da cidadania por meio da informação.

 

O jornalista Gilberto Dimenstein, idealizador do site Catraca Livre,  também assinou parceria cultura com a OAB SP. Dimenstein convidou os participantes do evento a acessarem o site Catraca Livre, que elenca todas as opções de eventos culturais gratuitos ou a baixos preços em São Paulo. "Os alunos de Direito têm baixo repertório cultural", justificou Dimenstein, "e é isso o que faz a prosperidade de um estudante. O profissional sem vivência cultural não tem futuro."

Após a sessão solene todas as autoridades participaram  da inauguração da Feira, cortando na entrada do centro de exposições. Além dos diretores da OAB SP e CAASP, prestigiaram a abertura da II Feira de Novos Mercados de Trabalho a presidente do TRF-3, Marli Marques Ferreira, o presidente do Tribunal de Justiça Militar de São Paulo, coronel Fernando Pereira, o presidente da Escola Paulista de Magistratura, desembargador Antonio Rulli Junior, presidente do Tribunal de Contas, Roberto Braguin, o secretário municipal da Pessoa com De ficiência e Mobilidade Reduzida, Marcos Belisário, a presidente do IASP, Maria Odete Duque Bertasi e o presidente da Caixa de Assistência aos Advogados do Mato Grosso do Sul, Paulo Roberto Neves de Souza.