PRESIDENTE DA OAB SP LAMENTA MORTE DE ARISTODEMO PINOTTI


01/07/2009

" Em nome da Advocacia de São Paulo, lamentamos a morte do médico e deputado federal, José Aristodemo Pinotti, sem dúvida um exemplo de profissional sério, pesquisador profícuo, com uma extensa obra publicada e um homem público que soube honrar os mandatos que recebeu, mantendo-se fiel ao interesse público e à necessidade de trabalhar para superar os graves problemas nacionais, principalmente nos campos da saúde e educação", afirmou o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, ao tomar conhecimento da morte de Pinotti, na madrugada dessa quarta-feira (1/7) aos 74 anos, em São Paulo, vítima de câncer.

Pinotti era formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, turma de 1958, tendo especialização em ginecologia. Dirigiu o Instituto da Mulher do Hospital das Clínicas de São Paulo e foi chefe de Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da USP. Também foi diretor da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, instituição de ensino da qual foi professor titular e chefe do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia. Também atuou em universidades fora do país.

 

Paralelamente teve uma atuante vida pública. Ocupou os cargos de secretário da Saúde e Educação no Estado e na Prefeitura de São Paulo . Atualmente, era titular da Secretaria Especial da Mulher da Prefeitura. Também era deputado federal em sua terceira legislatura. " Enquanto parlamentar, sempre foi fiel ao seu compromisso democrático , sendo respeitado pelos seus pares e pelos adversários", comentou D´Urso.

O velório de Aristodemo Pinotti acontece na Faculdade de Medicina da USP (Av. Dr. Arnaldo) e o enterro será no Cemitério da Consolação, às 17 horas.