OAB SP SEDIA ÚLTIMA JORNADA DO I SEMINÁRIO FRANCO-BRASILEIRO NESTA QUARTA-FEIRA


06/10/2009

Depois de terem assinado um Protocolo de Cooperação, na última segunda-feira (5/10) no auditório da Editora Aduaneiras, pelo qual acontecerão seminários jurídicos anuais em Paris e São Paulo, o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, e o presidente da Ordem dos Advogados de Paris, Christian Charière-Bournazel, abrem nesta quarta-feira (7/10), a jornada final de trabalhos do "I Seminário Franco-Brasileiro", às 9 horas, no Salão Nobre da Ordem (Praça da Sé, 385, 1º andar). O evento é realizado pela OAB SP, Barreau de Paris, Embaixada da França no Brasil e Serviço Econômico do Rio de Janeiro (Ubifrance) , com apoio da Fecomércio, Cesa, Aduaneiras e Câmara de Comércio França-Brasil.

O primeiro painel do dia será sobre "Direitos Humanos", e terá como presidente da mesa Antônio Marcio Guimarães, vice-presidente da Comissão de Comércio Exterior e Relações Internacionais da OAB SP; e como expositores estarão presentes José Gregori, secretário especial de Direitos Humanos da Prefeitura de São Paulo; Mário de Oliveira Filho, coordenador da Comissão de Direitos Humanos da OAB SP; Kathia Martin, pesquisadora do Collége de France; e Chantal Meninger Bothorel, advogada francesa.

A seguir, Matteo Arcari, membro da Comissão de Comércio Exterior e Relações Internacionais da OAB SP, preside a mesa que debaterá "Direito Penal Penitenciário". Os expositores serão Matheus Guimarães Cury, membro do Conselho Estadual Penitenciário e Presidente da Comissão de Política Criminal e Penitenciária da OAB SP; Márcio Moreira da Silva, secretário da Comissão de Direito Criminal da OAB SP; e Jean-Marie Burguburu, advogado francês.

O evento de abertura, no auditório da Aduaneiras, contou com a presença de Jen Marc Gravier, cônsul-geral da França em São Paulo, Eric Fajole, chefe da Missão Econômica no Rio de Janeiro, Pierre Colombier, conselheiro da Cooperação e Ação Cultural da Embaixada da França , Ricardo Dias Leme, secretário adjunto da Justiça e Cidadania e Daniel Polidoro Rosa, diretor geral da Lex Editora, entre outras autoridades.

George Augusto Naradi, presidente da Comissão de Comércio exterior e Relações Internacionais da OAB SP e coordenador do evento, destacou  o longo caminho percorrido até concretização do I Seminário Franco-Brasileiro e agradeceu a todas as autoridades que ajudaram na viabilização do evento que, na sua opinião, irá aproximar OAB SP e o Barreau de Paris.

O presidente da OAB SP , Luiz Flávio Borges D´Urso, afirmou que o Termo de Cooperação aproxima os destinos das advocacias, francesa e brasileira, ainda mais. " Temos bandeiras comuns, como dirigentes de nossas coporações. O mundo assiste a uma orquestração contra a advocacia, querem que o advogado perca seus direitos para bem trabalhar. As nossas prerrogativas profissionais ainda são violadas, confundidas com privilégios, quando na verdade são condições para que possamos defender os direitos dos cidadãos. Precisamos estar irmanados no interesse da defesa da cidadania", argumentou D´Urso.