ADVOGADOS REELEGEM D´URSO PARA NOVO MANDATO


19/11/2009

“ Essa eleição julgou seis anos da administração D’Urso na OAB SP. A aprovação que a pesquisa Ibope já tinha anunciado se confirmou nas urnas, garantindo essa vitória por mais de 7 mil votos a frente do segundo colocado, que nos concede mais três anos na presidência de nossa entidade”. Com essas palavras, Luiz Flávio Borges D´Urso explicou em entrevista coletiva à imprensa , nesta quinta-feira (19/11), como analisava sua vitória nas eleições de 2009 da OAB SP.

 A totalização dos votos apontou a vitória da Chapa 13 de Luiz Flávio Borges  D´Urso  por 53.887 votos (36,48%), seguida pela Chapa 14 de Rui Celso Reali Fragoso, com 46.678 votos (31,6%); Chapa 12 de Raimundo Hermes Barbosa, com 19.364 votos (13,11%) e Chapa 11 de Leandro Pinto, com 11.643 votos (7.88%).

A Chapa 13, encabeçada por D´Urso,  foi  proclamada oficialmente vencedora das eleições,  em sessão solene realizada, também  nesta quinta-feira (19/11), no salão nobre da OAB SP, pela Comissão Eleitoral da OAB SP.   Além do presidente D´Urso, foram eleitos  para a Diretoria da OAB SP/CAASP, para o triênio 2010-2012: Marcos da Costa, vice-presidente; Sidney Uliris Bortolato Alves, secretário-geral; Clemência Beatriz Wolthers, secretária-geral adjunta e José Maria Dias Neto, tesoureiro. A CAASP será presidida por Fabio Romeu Canton Filho e terá Arnor Gomes da Silva Junior na vice-presidência. Sergei Cobra Arbex como secretário-geral, Kozo Denda, como secretário-adjunto; e Braz Martins Neto na tesouraria. Anis Kfouri Junior, Celio Luiz Bitencourt e Valter Tavares serão diretores .

 

D´Urso comentou a larga vantagem que obteve nas seções eleitorais no Interior: “A votação no interior nos deu uma margem muito maior por conta de um trabalho que realizamos para o interior, pelo advogado do interior, no sentido de descentralizar a OAB, levando serviços  para o interior  similares aos que prestamos na Capital,  para que  o advogado do interior pudesse cada vez mais se sentir valorizado e ter a resposta que a Ordem dá do mesmo jeito que o advogado da capital”.

Projetos para o novo mandato

Para o terceiro mandato, D´Urso espera dar continuidade ao trabalho que vem realizado, sem continuísmo. “Esse trabalho, sem dúvida, continuará valorizando a advocacia, defendendo as nossas prerrogativas profissionais e  visando trabalhos que serão concluídos. Um deles é o projeto de violação das nossas prerrogativas profissionais, que está em marcha, já foi aprovado na Câmara Federal e agora precisamos da aprovação no Senado. Também temos a tramitação do projeto das nossas férias para que em janeiro, a Justiça continue funcionando, mas que não haja intimações e audiências para que o advogado possa dispor de um período de férias”, explica D´Urso.

O presidente eleito da OAB SP  também citou entre os projetos futuros: trabalhar pela  tributação do Simples para os escritórios de advocacia, a criação de uma rede social do advogado, o chamado “Twitter do advogado”, a isenção do pagamento da anuidade para a mulher advogada a partir dos 65 anos, sem prejuízo dos benefícios que ela tem direito, hoje fixado em 70 anos.

 

Terceiro Mandato

 Na avaliação de D´Urso, cada eleição tem uma história e a desse ano  foi atípica. “Nós não tivemos em um único momento um grande debate sobre as questões que envolvem a advocacia. Em nenhum momento os candidatos trouxeram para debate as suas propostas. Durante toda a campanha, eles não  fizeram uma crítica pontual ao nosso trabalho. Havia uma única voz, quase que orquestrada, a dizer não ao terceiro mandato, como se isso fosse uma palavra de ordem, estabelecendo uma obrigatoriedade legal ou moral que condicionasse todos os advogados a um voto, rejeitando o terceiro mandato”, pontuou D´Urso.

 Segundo D´Urso, a advocacia soube separar o que é terceiro mandato de Lula ou de presidente da República do terceiro mandato de um dirigente de classe. “ Um presidente tem salário, administra dinheiro público e há o impedimento legal. Na OAB SP o trabalho é  voluntário, não há um centavo de dinheiro público e o Estatuto não faz restrição à reeleição.A advocacia mostrou nas urnas que distingue as coisas. Tivemos grandes presidentes que buscaram o terceiro mandato, como Nóe Azevedo, Azevedo Marques e Cid Vieira”, comentou.

Vitória é dedicada a Approbato

 D´Urso dedicou sua reeleição a Rubens Approbato Machado, conselheiro federal  emérito e membro nato da OAB e presidente do STJD , que ficou emocionado com a homenagem.  Quero saudar mais uma vez os 133 integrantes do chapa e os milhares de colegas que nos apoiaram e nos deram a vitória na pessoa de alguém que desejo saudar todos vocês na pessoa em quem me inspiro diariamente para fazer política na OAB SP, que é a grande liderança Rubens Approbato Machado”, homenageou D´Urso.

 

Approbato, presente na sessão de proclamação, pregou a união da classe após o pleito: “Terminada a eleição, o presidente eleito é presidente de todos os advogados. É o momento de congraçamento. Os equívocos que foram cometidos são próprios de uma campanha. Ser presidente da Ordem é presidir a sociedade civil A Ordem é a única entidade corporativa que tem o dever de defender não só a classe como a cidadania brasileira. Teve um candidato que disse ‘ele é apadrinhado do Approbato’, e é mesmo.  Teremos um conselho de primeiríssima qualidade, houve uma renovação, será um conselho altamente ativo”, comentou Approbato.

 

 Na mesma sessão, a presidente em exercício da OAB SP,  Márcia Machado Melaré, agradeceu o trabalho incansável e imparcial da Comissão Eleitoral, que teve decisões firmes e apartidárias e lembrou que  o trabalho na OAB SP  é árduo , chega a ser  uma missão, “pois  envolve um  grande número de pessoas, tão distintas, tão diferentes que jamais conheceríamos. Só por isso já vale a pena”. Também lembrou o empenho de todos no dia das eleições da Ordem e disse que já estava com saudades de São Paulo, já que segue com Brasília como conselheira federal eleita.

 

 O presidente da Comissão Eleitoral da OAB SP, Marcio Cammarosano, parabenizou todos os candidatos que concorreram às eleições, especialmente a chapa vencedora. “Parabenizo e agradeço à diretoria da OAB SP, que não mediou esforços para proporcionar à Comissão Eleitoral condições ideais de trabalho. Agradeço penhoradamente à Comissão Eleitoral. Foi um trabalho de equipe. Não fora a seriedade dos meus colegas, não teríamos chegado a bom termo. Desejo ao presidente que continue a prestar a advocacia e a sociedade um trabalho profícuo e continuação inestimável”.

 

VEJA A CHAPA COMPLETA

 

Chapa:  13 - SOU MAIS DURSO

 

CARGO                                  

NOME     

 

PRESIDENTE

  -    LUIZ FLAVIO BORGES D´URSO

 

VICE-PRESIDENTE

  -   MARCOS DA COSTA

 

SECRETÁRIO(A) - GERAL

    -   SIDNEY ULIRIS BORTOLATO ALVES

 

SECRETÁRIO(A) ADJUNTO(A)

  - CLEMENCIA BEATRIZ WOLTHERS

 

TESOUREIRO(A)

  -  JOSE MARIA DIAS NETO

 

CONSELHEIRO

 - AILTON JOSE GIMENEZ

 

CONSELHEIRO

 -  AMERICO DE CARVALHO FILHO

 

CONSELHEIRO

-  AMILCAR AQUINO NAVARRO

 

CONSELHEIRO- 

 -  ANNA CARLA AGAZZI

 

CONSELHEIRO

- -  ANTONIO CARLOS DELGADO LOPES

 

CONSELHEIRO

-  ANTONIO CARLOS RODRIGUES DO AMARAL

 

CONSELHEIRO

-  ANTONIO FERNANDES RUIZ FILHO

 

CONSELHEIRO

-  ANTONIO JORGE MARQUES

 

CONSELHEIRO

-  ARMANDO LUIZ ROVAI

 

CONSELHEIRO

-  CARLOS ALBERTO EXPEDITO DE BRITTO NETO

 

CONSELHEIRO

-  CARLOS ALBERTO MALUF SANSEVERINO

 

CONSELHEIRO

-- CARLOS BARBARÁ

 

CONSELHEIRO

-  CARLOS FERNANDO DE FARIA KAUFFMANN

 

CONSELHEIRO

   CARLOS JOSE SANTOS DA SILVA

 

CONSELHEIRO

   CARLOS PINHEIRO

 

CONSELHEIRO

   CARLOS ROBERTO FORNES MATEUCCI

 

CONSELHEIRO

   CID ANTONIO VELLUDO SALVADOR

 

CONSELHEIRO

   CID VIEIRA DE SOUZA FILHO

 

CONSELHEIRO

   CLAUDIO BINI

 

CONSELHEIRO

   CLAUDIO PERON FERRAZ

 

CONSELHEIRO

   DANIEL BLIKSTEIN

 

CONSELHEIRO

   DARMY MENDONCA

 

CONSELHEIRO    

   EDSON COSAC BORTOLAI

 

CONSELHEIRO

   EDSON ROBERTO REIS

 

CONSELHEIRO

   EDUARDO CESAR LEITE

 

CONSELHEIRO

   ELI ALVES DA SILVA

 

CONSELHEIRO

   ESTEVAO MALLET

 

CONSELHEIRO

   EURO BENTO MACIEL

 

CONSELHEIRO

   FABIO MARCOS BERNARDES TROMBETTI

 

CONSELHEIRO

   FABIOLA MARQUES

 

CONSELHEIRO   

   FERDINANDO COSMO CREDIDIO

 

CONSELHEIRO    

   FERNANDO JOSE DA COSTA

 

CONSELHEIRO

  FLAVIO JOSE DE SOUZA BRANDO

 

CONSELHEIRO

   GABRIEL MARCILIANO JUNIOR

 

CONSELHEIRO

   GILDA FIGUEIREDO FERRAZ DE ANDRADE

 

CONSELHEIRO

   GISELE FLEURY CHARMILLOT GERMANO DE LEMOS

 

CONSELHEIRO

   GUSTAVO FLEICHMAN

 

CONSELHEIRO

   HELENA MARIA DINIZ

 

CONSELHEIRO    

HORACIO BERNARDES NETO

 

CONSELHEIRO

   JAIRO HABER

 

CONSELHEIRO

   JAMIL GONCALVES DO NASCIMENTO

 

CONSELHEIRO    

JARBAS ANDRADE MACHIONI

 

CONSELHEIRO

   JOAO BAPTISTA DE OLIVEIRA

 

CONSELHEIRO

   JOAO CARLOS RIZOLLI

 

CONSELHEIRO

   JOAO EMILIO ZOLA JUNIOR

 

CONSELHEIRO    

JORGE ELUF NETO

 

CONSELHEIRO

   JOSE EDUARDO TAVOLIERI DE OLIVEIRA

 

CONSELHEIRO

   JOSE LEME DE MACEDO

 

CONSELHEIRO

   JOSE VASCONCELOS

 

CONSELHEIRO

   LAERTE SOARES

 

CONSELHEIRO

   LUIS RICARDO MARCONDES MARTINS

 

CONSELHEIRO

   LUIZ CARLOS PEGAS

 

CONSELHEIRO    

LUIZ DONATO SILVEIRA

 

CONSELHEIRO

   LUIZ EDUARDO DE MOURA

 

CONSELHEIRO

   MANOEL ROBERTO HERMIDA OGANDO

 

CONSELHEIRO    

MARCELO FERRARI TACCA

 

CONSELHEIRO

   MARCIO APARECIDO PEREIRA

 

CONSELHEIRO

   MARCO AURELIO VICENTE VIEIRA

 

CONSELHEIRO

   MARTIM DE ALMEIDA SAMPAIO

 

 

CONSELHEIRO

   MAURICIO FERNANDO ROLLEMBERG DE FARO MELO

 

CONSELHEIRO

   MAURICIO SILVA LEITE

 

CONSELHEIRO    

MOIRA VIRGINIA HUGGARD-CAINE

 

CONSELHEIRO    

NELSON ALEXANDRE DA SILVA FILHO

 

CONSELHEIRO

   ODINEI ROGERIO BIANCHIN

 

CONSELHEIRO

   RICARDO LOPES DE OLIVEIRA

 

CONSELHEIRO

   RICARDO LUIZ DE TOLEDO SANTOS FILHO

 

CONSELHEIRO    

ROBERTO DELMANTO JUNIOR

 

CONSELHEIRO

   ROMUALDO GALVAO DIAS

 

CONSELHEIRO

   ROSANGELA MARIA NEGRAO

 

CONSELHEIRO

   ROSSANO ROSSI

 

CONSELHEIRO

   RUI AUGUSTO MARTINS

 

CONSELHEIRO

   SERGIO ROXO DA FONSECA

 

CONSELHEIRO

   SIDNEI ALZIDIO PINTO

 

CONSELHEIRO

   UMBERTO LUIZ BORGES D´URSO

 

CONSELHEIRO

   YARA BATISTA DE MEDEIROS

 

CONSELHEIRO

   ADIB KASSOUF SAD

 

CONSELHEIRO

   ADRIANA GALVÃO MOURA

 

CONSELHEIRO

   ALEXANDRE TRANCHO

 

CONSELHEIRO

   ANTONIO CARLOS ROSELLI

 

CONSELHEIRO

   ANTONIO ELIAS SEQUINI

 

CONSELHEIRO

   ANTONIO HERCULES

 

CONSELHEIRO

   ANTONIO OLIVEIRA JUNIOR

 

CONSELHEIRO

  ANTONIO RICARDO DA SILVA BARBOSA

 

CONSELHEIRO

   ARISTEU JOSE MARCIANO

 

CONSELHEIRO

   ARLEI RODRIGUES

 

CONSELHEIRO

   CESAR AUGUSTO MAZZONI NEGRAO

 

CONSELHEIRO    

EDGAR FRANCISCO NORI

 

CONSELHEIRO

   FATIMA PACHECO HAIDAR

 

CONSELHEIRO

   FERNANDO CALZA DE SALLES FREIRE

 

CONSELHEIRO    

FERNANDO LUCIANO GARZAO

 

CONSELHEIRO

   GENILDO LACERDA CAVALCANTE

 

CONSELHEIRO

   GEORGE AUGUSTO NIARADI

 

CONSELHEIRO

   JORGE LUIZ CARNITI

 

CONSELHEIRO

   JOSE FABIANO DE QUEIROZ WAGNER

 

CONSELHEIRO

   JOSE MEIRELLES FILHO

 

CONSELHEIRO

   JOSE RODRIGUES TUCUNDUVA NETO

 

CONSELHEIRO

   LIVIO ENESCU

 

CONSELHEIRO

   LUCIA MARIA BLUDENI

 

CONSELHEIRO    

LUIZ AUGUSTO ROCHA DE MORAES

 

CONSELHEIRO

   LUIZ CARLOS RIBEIRO DA SILVA

 

CONSELHEIRO

  LUIZ CELIO PEREIRA DE MORAES FILHO

 

CONSELHEIRO

   LUIZ FERNANDO AFONSO RODRIGUES

 

CONSELHEIRO    

LUIZ TADEU DE OLIVEIRA PRADO

 

CONSELHEIRO

   MARCELO GATTI REIS LOBO

 

CONSELHEIRO

   MARCELO SAMPAIO SOARES

 

CONSELHEIRO

   MARCO ANTONIO MAYER

 

CONSELHEIRO

   MARCOS ANTONIO DAVID

 

CONSELHEIRO

   MAURICIO SCHEINMAN

 

CONSELHEIRO

   OSCAR ALVES DE AZEVEDO

 

CONSELHEIRO

   OTAVIO AUGUSTO ROSSI VIEIRA

 

CONSELHEIRO

   PAULO JOSE IASZ DE MORAIS

 

CONSELHEIRO

   ROBERTA CRISTINA ROSSA RIZARDI

 

CONSELHEIRO

   SIDNEY LEVORATO

 

CONSELHEIRO

   STASYS ZEGLAITIS JUNIOR

 

CONSELHEIRO

   VITOR HUGO DAS DORES FREITAS

 

CONSELHEIRO FEDERAL

   ARNOLDO WALD FILHO

 

CONSELHEIRO FEDERAL

   GUILHERME OCTAVIO BATOCHIO

 

CONSELHEIRO FEDERAL

  MARCIA REGINA MACHADO MELARE

 

CONSELHEIRO FEDERAL

   NORBERTO MOREIRA DA SILVA

 

CONSELHEIRO FEDERAL

   TALLULAH KOBAYASHI DE A.CARVALHO

 

PRESIDENTE - CAASP  

   FABIO ROMEU CANTON FILHO

 

VICE-PRESIDENTE - CAASP   

ARNOR GOMES DA SILVA JUNIOR

 

SECRETÁRIO(A) - GERAL - CAASP   

SERGEI COBRA ARBEX

 

SECRETÁRIO(A) ADJUNTO(A)-CAASP

   KOZO DENDA

 

TESOUREIRO(A) - CAASP

   BRAZ MARTINS NETO

 

DIRETOR - CAASP

   ANIS KFOURI JUNIOR

 

DIRETOR - CAASP

   CELIO LUIZ BITENCOURT

 

DIRETOR - CAASP

   VALTER TAVARES