COMISSÃO DO IDOSO VISTORIA CASA DE REPOUSO


21/12/2009

Depois de receber uma denúncia de maus-tratos a pacientes internados e de falta de condições para abrigá-los, a Comissão do Idoso da OAB SP vistoriou casa de repouso em Itaquaquecetuba. A Casa de Repouso Laços de Amor já tinha um processo junto à Vigilância Sanitária de Mogi das Cruzes datado de 2005 visando a apurar irregularidades.

 

“Encontramos inúmeras irregularidades na casa de repouso, como falta de higiene, má conservação de alimentos, falta de pessoal qualificado, local inadequado para idosos e falta de infra-estrutura operacional. Os remédios, a maioria amostras grátis, estavam dispostos num armário aberto”, afirmou a presidente da Comissão de Defesa dos Direitos do Idoso, Maria Elisa Munhol.

Segundo Munhol, a Comissão encaminhou ofícios ao Ministério Público da Comarca de Itaquaquecetuba, à Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, ao Centro de Vigilância Sanitária e à Promotoria de Justiça dos Idosos e Deficientes de Itaquaquecetuba pedindo providências. ”

 O resultado da diligência é que a Promotoria de Justiça dos Idosos e Deficientes de Itaquaquecetuba encerrou as atividades na Casa de Repouso Laços do Amor, bem como solicitou o arquivamento e a sua devida homologação junto ao Conselho Superior do Ministério Público de São Paulo. Os idosos que se encontravam no asilo foram encaminhados para um estabelecimento no município de Poá.

"A pioneira  Comissão do Idoso da OAB SP  vem acompanhando casos de violência ou maus tratos contra idosos, pois apesar do avanço legal, parte dos idosos ainda é  afastada do convívio social  ou colocada em asilos ou simplesmente abandonada. Temos assistidos, aterrorizados, uma série de violência contra idosos praticadas por parentes, conhecidos ou empregados", diz o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso.