PRESIDENTE PARTICIPA DA ENTREGA DO PRÊMIO DA FUNDAÇÃO PETER MURÁNYI


16/04/2010

O presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D’Urso, participou, na última quarta-feira (14/4), às 19 horas, da entrega do prêmio Peter Murányi, no hotel Comfort Suit.

D´Urso fez parte do júri que elegeu o trabalho vencedor de 2010 sobre saúde, que foi “Vacina contra raiva produzida em meio livre de soro”, de Neuza Maria Frazatti Gallina, Rosana de Lima Paoli, Regina Maria Mourão Fuches e Hisako Gondo Higashi, indicado pelo Instituto Butantan.” Certamente esse  pesquisadores labutaram arduamente para produzir um trabalho efetivamente inovador, aplicável na prática e que contribuirá em breve para a melhoria da qualidade de vida dos brasileiros”.

Para o presidente, um prêmio destinado à pesquisa, principalmente na área da saúde, está entre os mais significativos para a Nação porque “a saúde é o bem maior do indivíduo e sem ela perdemos a capacidade de interagir como cidadão pleno na sociedade.”

D´Urso destacou que a cada dia, “ a ciência brasileira nos surpreende com descobertas que não só trazem alento para a cura ou aumento da qualidade de vida de quem é paciente de doenças, como, sobretudo, trazem perspectivas cada vez mais promissoras para a prevenção- vale dizer para a manutenção da saúde”.

O presidente da OAB SP também frisou a importância da pesquisa científica para o Brasil porque ela simboliza a prevenção. “Conservar a saúde supõe um conjunto de ações que vão desde o cuidado do administrador público à própria iniciativa individual de buscar a permanência deste bem tão precioso até a prevenção, medida mais eficaz para impedir que as doenças se instalem”.

Criada em 1999, a Fundação Péter Murányi tem como objetivo conceder anualmente um prêmio à pessoa física ou jurídica, entidade particular ou pública de qualquer parte do mundo que mais tenha se destacado na descoberta ou progresso científico nas áreas de saúde, alimentação, educação ou desenvolvimento científico e tecnológico, beneficiando o desenvolvimento e bem-estar da população brasileira. Também fizeram discurso durante a premiação o reitor da USP, João Grandino Rodas e a professora doutora, Neuza Maria Frazatti Galinna.