ORDEM BUSCA AMPLIAR DIÁLOGO COM NOVA DEFENSORA PÚBLICA-GERAL


30/04/2010

O presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, enviou nessa quinta-feira (29/4), ofício cumprimentando a nova defensora pública-geral do Estado de São Paulo, Daniela Sollberger Cembranelli, nomeada para o cargo pelo governador do Estado, Alberto Goldman.

 D´Urso elogiou o perfil profissional da nova defensora-geral e acredita numa administração proativa.“Temos a convicção de que nessa nova gestão da defensora pública- geral Daniela Cembranelli, a OAB SP e a Defensoria Pública de São Paulo iniciam uma nova fase, de diálogo franco e de entendimento no interesse do jurisdicionado carente do Estado de São Paulo”, afirmou D´Urso.

 

O mandato é para o biênio 2010/2012 e começa a partir de 15 de maio e Daniela Cembranelli será a segunda mulher a ocupar o cargo de defensora-geral. Segundo Marcos da Costa, vice-presidente da OAB SP e presidente da Comissão Especial de Assuntos do Judiciário, a nova defensora-geral terá muito trabalho pela frente. “ Criada em 2006, a Defensoria Pública do Estado ainda é uma instituição nova, que tem um longo caminho a percorrer no sentido de se estruturar e crescer”, ponderou Costa, que também uma atuação harmoniosa.

 

 

O Conselho Superior da Defensoria é formado por 13 membros, sendo cinco natos :o Defensor Público-Geral, os segundo e Terceiro Subdefensores Públicos-Gerais, Corregedor-Geral e Ouvidor-Geral).