OAB SP SE REÚNE COM MARREY PARA TRATAR DA GREVE


20/08/2010

O presidente em exercício da OAB SP, Marcos da Costa,;o secretário-geral Sidney Bortolato Alves e o conselheiro seccional, Jorge Eluf Neto estiveram nessa sexta-feira (20//8), no Palácio dos Bandeirantes, com o secretario de governo, Luiz Antonio Guimarães Marrey, para tratar da greve dos serventuários da Justiça, que está próxima de completar 4 meses de paralisação.

“ A OAB SP externou ao secretário  sua preocupação com a manutenção da greve do Judiciário, ainda com fortes focos nas comarcas de Campinas e Jaboticabal. Nas demais comarcas, também temos problemas porque  a estrutura que o Tribunal de Justiça dispõe já é precária, com a adesão dos servidores, mesmo de 10%,  o andamento do serviço forense fica prejudicado”, explica Marcos da Costa.

De acordo com presidente em exercício da OAB SP, o secretário Marrey assegurou que vem acompanhando o movimento paredista e se mostrou sensível às demandas  da advocacia e do jurisdicionado e prometeu   levar ao governador do Estado os apelos para a busca de  uma solução rápida para a greve da Justiça.

Para Sidney Bortolato Alves,  o governo do Estado tem se empenhado na busca de uma saída para a greve. “ Mas os dois lados devem buscar  uma aproximação, um entendimento visando o interesse público, sendo que a OAB SP se  propõe a ser mediadora entre as partes “, diz.

 Marcos da Costa tem a mesma perspectiva. “ Somente  o diálogo construirá uma solução que contemple os interesses do Estado e do funcionalismo, até mesmo porque todo ato de radicalismo  só irá ampliar o impasse  . Temos esperança de que o entendimento possa prevalecer a e greve seja encerrada na próxima semana”.

CAMPINAS

 

 Na última quinta-feira (19/8) Marcos da Costa esteve, juntamente com a presidente da Subsecção de Campinas, Teresa Dóro,  em audiência com o presidente do TJ-SP , desembargador Viana Santos, para tratar do pedido da Ordem de intervenção no Fórum de Campinas, onde a maioria dos cartórios estão fechados. “ O presidente do Tribunal se comprometeu a ultimar esforços para que as atividades forenses voltem ao normal até a próxima segunda-feira”, ressaltou Costa.