MORO É ESCOLHIDO PARA INTEGRAR LISTA TRÍPLICE DO TST


15/10/2010

O presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D’Urso elogiou a escolha do Pleno do Tribunal Superior do Trabalho, na sessão dessa quinta-feira (14/10), que incluiu o nome do único advogado paulista Luis Carlos Moro para integrar a lista tríplice, destinada ao preenchimento de uma vaga de ministro do TST, pelo quinto constitucional, aberta com a aposentadoria do ministro José Simpliciano Fontes de Faria Fernandes.

“Sua expressiva votação no TST (24 votos na primeira votação entre 26 ministros) demonstra o reconhecimento da competência jurídica de Luiz Carlos Moro que, certamente, vai honrar o quinto constitucional – classe dos advogados na magistratura trabalhista”, afirmou o presidente  D’Urso, da OAB SP.

A lista tríplice , também integrada por Delaíde Alves Miranda Arantes (GO) e Adriano Costa Avelino (AL) , segue para o Executivo, cabendo ao presidente da República  a indicação do nome do novo ministro. O escolhido será sabatinado pelo Senado Federal, antes da nomeação.

A lista  sêxtupla do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) foi composta ainda  pelos advogados: André de Carvalho Pagnoncelli (MS), Othoniel Furtado Gueiros Neto (PE) e Luiz Gomes (RN).

Moro graduou-se pela PUC-SP , tendo mestrado em Direito do Trabalho pela USP. É advogado militante e professor de Direito do trabalho das UniFMU e foi presidente da Associação Brasileira dos Advogados Trabalhistas . Integra a Comissão Nacional de Direito Social do Conselho Federal da OAB e preside a Associação Latino-Americana de Advogados Trabalhistas.