OAB SP/CAASP E UNIÃO CULTURAL FIRMAM PARCERIA


25/11/2010

Bolsas de estudo e descontos de 40% em cursos regulares de inglês para os advogados inscritos em São Paulo estão previstos na parceria firmada entre o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, o presidente da CAASP, Fabio Romeu Canton Filho e o presidente da União Cultural Brasil – Estados Unidos, Paulo Bastos Cruz Filho, na última quarta-feira (24/11), na sede da OAB SP.

O presidente da OAB SP explicou que o aperfeiçoamento técnico  e cultural do advogado é uma preocupação da Ordem para que  o advogado possa competir adequadamente no mercado que se amplia. “ O mundo está de olho no Brasil, não é só o pré-sal, a Copa do Mundo ou as Olimpíadas, mas vivemos um momento economicamente promissor e com reflexo positivo na advocacia. E, para atuar  nesses novos ramos do Direito  o advogado precisa de uma segunda língua”, afirmou D’Urso. 

O presidente da OAB SP ressaltou, ainda,  que a Ordem tem se ocupado em ampliar as possibilidades de aperfeiçoamento cultural dos colegas em todas as suas vertentes . “ Esse convênio coroa mais uma etapa de aproximação, de articulação e de parcerias que até agora têm se mostrado bastante promissoras para a advocacia paulista “, completou.

 Paulo Cruz Filho chamou a atenção para a origem jurídica da União Cultural , que aconteceu há 72 anos, durante o governo de Getúlio Vargas, como um ato de resistência 240 alunos da Faculdade de Direito da USP , que se uniram para fundar a União Cultural Brasil - Estados Unidos , num ato de resistência ao fascismo e ao nazismo.“Entendo que a  base de um relacionamento deve ser a cultura e sem o conhecimento de outra língua é impossível essa troca de experiências. Esse convênio entre a OAB SP e a União Cultural é um instrumento importante, nesse momento de internacionalização da atividade do advogado  , em que o Brasil caminha par ser a quinta economia mundial”, explicou o presidente da União Cultural.

Segundo Paulo, é impossível imaginar um Brasil que não seja bilíngüe. “Então temos uma razão histórica e uma razão prática para esse convênio. É um trabalho que procura vincular conteúdo à certificação”, afirmou, lembrando que o advogado que fala inglês terá melhores oportunidades de trabalho e de crescimento na profissão.

“É uma satisfação ver os nossos sonhos realizados. Nosso objetivo, desde que vencemos a primeira eleição da OAB, é de auxiliar os advogados, fazer o melhor por eles. Estamos agindo para que os advogados paulistas tenham melhores condições de trabalho.Esse sempre foi o nosso compromisso tratar da formação do advogado”, disse Canton.

De acordo com o  presidente da Caixa, essa parceria é uma necessidade da advocacia e vem atender às necessidades dos profissionais do Direito porque “o advogado precisa falar inglês para atuar melhor na sua profissão”, finalizou.

Também participaram da cerimônia de assinatura:  o conselheiro George Niaradi, presidente da Comissão de Relações Internacionais da OAB SP, Maria Snaski, regional english language officer do Consulado Geral dos EUA em São Paulo;  o conselheiro e presidente do Tribunal de Ética e Disciplina, Carlos Roberto Mateucci, o presidente da Subsecção de Santos, Rodrigo Lyra e o conselheiro Rui Augusto Martins.

A União Cultural oferece aulas de inglês voltada para áreas específicas, como o Direito, aulas presenciais e telepresenciais, além de aulas de espanholL. Na área do Direito, existe uma certificação internacional pela Cambridge University, específica para advogados para que exerçam a atividade no âmbito internacional.

Para mais informações:  (11) 2148-2900 / www.uniaocultural.com.br