OAB SP HOMENAGEIA FOLHA DE S.PAULO PELOS 90 ANOS DE HISTÓRIA


29/08/2011

O Conselho Seccional da OAB SP presta nesta nessa segunda-feira (29/8) , às 16 horas, no Salão Nobre (Praça da Sé, 385 -1 andar), uma homenagem ao jornal Folha de S.Paulo pelos seus 90 anos de história, que será representado pelo secretário de redação, Vinicius Mota. A propositura foi do conselheiro Marcelo Tacca.

“Uma imprensa livre é o sustentáculo maior da democracia e a Folha de S.Paulo vem desempenhando com destaque seu papel, contribuindo para a formação crítica e cultural do cidadão. E, frente ao turbilhão de notícias em circulação hoje em dia,  continua a se diferenciar, sem medo de se renovar e das críticas que toda mudança desencadeia”, justificou o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D’Urso.

A história da Folha de S.Paulo começou em 1921, com a fundação do jornal “Folha da Noite”, pelos jornalistas Olival Costa e Pedro Cunha. Em 1925, começa a circular a edição matutina do periódico, a “Folha da Manhã”. Outros 24 anos mais tarde, é fundada a “Folha da Tarde”.

No início de 1960, a fusão desses três títulos deu origem ao atual jornal Folha de S.Paulo, sendo comprado em 1962 por Carlos Caldeira Filho e Octavio Frias de Oliveira, que assumem o controle da empresa responsável pela publicação, a Folha da Manhã.

Hoje, a Folha é o jornal de maior circulação nacional, com cerca de 300 mil exemplares em dias úteis e 344 mil aos domingos. A posição foi consolidada após o periódico ter se posicionado em 1984 a favor das  Diretas-Já para presidente e ter aberto  espaço em suas páginas para diferentes interlocutores, ajudando a catalisar a transição para a democracia. " No período da ditadura, a Folha, a exemplo da OAB SP, esteve na trincheira em defesa do Estado de Direito", ressalta D'Urso.

O projeto do jornal, que segue um manual de redação próprio, é orientado pelos princípios do pluralismo, apartidarismo, jornalismo crítico e independente. A postura combativa foi sempre defendida pela Folha, assim como a informação releventa, exclusiva e de qualidade.

A inovação é também outra marca registrada do jornal. Foi pioneiro na impressão offset em cores, em 1967, usada em larga tiragem no Brasil pela primeira vez, e também o primeiro a abandonar a composição a chumbo, em 1971, usando o sistema eletrônico de fotocomposição.

Em 1983, torna-se a primeira redação informatizada na América do Sul, com instalação de terminais de computador. Em 1996, o Grupo Folha lançou o UOL (Universo Online), primeiro serviço online de grande porte no país.