EPD CONCEDE TÍTULO DE PROFESSOR EMÉRITO A D´URSO


30/08/2011

O presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D’Urso, dedicou o título de Professor Emérito, que recebeu nesta quinta-feira 25/8), às 20 horas, da Escola Paulista de Direito, a seu pai, Umberto D´Urso, que com 85 anos, lecionou até 3 anos atrás. D´Urso comentou que se tornou advogado e professor por inspiração paterna. Também comentou que seu pai sempre foi um catalisador de pessoas, que o procuravam para um conselho, uma palavra.“ Não é o título que nos faz diferente, nem a condição social. É o que levamos no coração”, destacou.

D´Urso enfatizou esse ponto:“ Que este título possa me inspirar todos os dias e que com o nosso trabalho possamos inspirar  nossos alunos. O professor não é só aquele que transmite o conhecimento técnico, mas aquele que toca no coração dos alunos”, disse. Citou o ator Italo Rossi, recentemente falecido, com quem teve aulas de teatro e que exigia que se repetisse a encenação até que  houvesse coração na interpretação.

O presidente da CAASP, Fábio Canton Filho, presente à cerimônia, afirmou que Luiz Flávio Borges D’Urso é merecedor da honraria, não só por ser um jurista, um professor com títulos acadêmicos e um homem público. “Dedicou-se ao engrandecimento do próximo e da advocacia. A partir de sua administração, a advocacia passou a ser vista de forma diferente. Assumiu a OAB SP quebrando todos os paradigmas e a advocacia sentiu um pulsar diferente . Todos receberam muito, além das expectativas e fica seu exemplo, como ser humano diferenciado , amigo dos advogados”, afirmou Canton

Ricardo Castilho , professor e diretor-presidente da EDP, ao fazer a outorga do título, apontou que D’Urso é um brilhante jurista, grande homem de Letras jurídicas e que sempre o teve como espelho de educador , empreendedor e de presidente da maior Seccional da OAB no Brasil. “ É um grande e emérito professor, que  acredita na educação como o caminho”, assegurou. O presidente da OAB SP agradeceu  o título recebido e lembrou  que ambos  estão em sintonia porque ele (D´Urso) também se espelhou em muitos advogados como Valdir Troncoso Peres e JB Viana de Morares, na tentativa de assimilar um pouco de suas qualidades.

O vice-presidente do IASP, Euclydes José Marchi Mendonça, representando a presidente Ivette Senise Ferreira, comentou que seu pronunciamento não era na qualidade de vice-presidente do Instituto, mas de simples advogado trabalhista. Apontou que o presidente D’Urso chegou mansamente ao primeiro mandato  na OAB SP e já está no terceiro  e que vem trabalhando pelos advogados mais simples e anônimos. " Portanto, homenageá-lo é homenagear a advocacia”, justificou.

O diretor de serviços da CAASP, Anis Kfouri Júnior apontou ser merecida a homenagem recebida por D´Urso “ Um grande homem, grande figura pública, brilhante advogado, apaixonado pela advocacia. Um professor emérito com quem aprendi lições de vida, de cidadania e de amor pela classe dos advogados”, disse.