ARTIGO: AUMENTE SUA AUTOESTIMA


05/10/2011

Viviane Sampaio

Você tem tudo que merece? O que lhe impede de ser feliz hoje? Você tem uma auto-estima boa? O que você faz em seu dia-a-dia para conquistar uma boa auto-estima para viver bem, satisfeito e realizado em sua vida? Se você não se sente muito bem consigo mesmo ou com algo em sua vida, não se preocupe. Isso é só uma questão de tempo e de aprendizado. A solução está em trabalhar a sua auto-estima e aproveitar o melhor da vida.

A seguir, cito 5 passos para você iniciar a sua transformação pessoal e ter uma vida com qualidade e satisfação:

1) CONSCIÊNCIA: Conscientize-se do seu Diálogo Interno. O que você fala para si mesmo o dia inteiro? Como é o seu diálogo interior? É construtivo? É positivo? É estimulante? Ele incentiva você a dar o melhor de si hoje? Se for assim, parabéns! Se não for, você está se intoxicando e precisa urgentemente repensar a forma de se  comunicar com você.
 
2) MUDANÇA: Se a sua conversa diária lhe desmotiva está na hora de você fazer uma mudança. Caso contrário, tudo continuará como está em sua vida. O que você acredita que conseguirá fazer hoje? Está em dúvida? Você acha que não sabe como fazer? Pare com isso e aprenda a questionar suas “crenças limitantes”. São elas que estão deixando-lhe inseguro e bloqueando o seu sucesso e felicidade em seu dia-a-dia.
 
3) VENÇA A RESISTÊNCIA: As crenças limitantes são as barreiras mais poderosas contra a mudança. São idéias fixas sobre você que passam em sua cabeça automaticamente sem você percebê-las. É a maneira que acredita que o mundo funciona baseado na sua experiência. É a sua verdade e, consequentemente, você age e sente de acordo com elas no dia-a-dia. Em resumo, são leis pessoais que governam sua vida e que tem total convicção. Porém, as crenças  não são fatos. São apenas hipóteses e suposições sobre a realidade. Ao questioná-las e testá-las a sua tendência será de resistir e de manter o seu ponto de vista. Isso é comum, pois para ampliar a visão e mudar a sua percepção é preciso desbloquear as “crenças auto-sabotadoras” e isso não acontece de um dia para outro. A resistência faz parte do processo de auto-conhecimento e da mudança. O importante a fazer é superá-las e não desistir.
 
4) FOCO: Nos momentos de desânimo durante o processo de auto-descoberta foque em quem você quer ser e não em quem você é hoje. Geralmente, é esse processo psicológico de enfrentar a si mesmo é que gerará uma mudança de grande efeito na sua auto-estima. Não seja muito rápido em decidir o que é impossível. As crenças são apenas limitações mentais que você criou. Elas minam sua auto-estima, mas são somente hábitos de pensamentos. Você pode mudá-las, pois se você as construiu também pode desconstruí-las.

5) CORAGEM: É possível aprender uma forma melhor de se auto-avaliar e, consequentemente, ter e manter uma auto-estima boa que lhe dê auto-confiança, segurança e força para ultrapassar os obstáculos da vida. Comece! Dê o primeiro passo! Lembre-se: “Em qualquer momento de decisão, a melhor coisa a ser feita é a certa; a outra melhor coisa a ser feita é a errada; a pior coisa a ser feita é NADA. (Presidente dos EUA Theodore Roosevelt)

Viviane Sampaio. Psicóloga e Coach na Vila Mariana em São Paulo -SP. Autora do site www.vivianesampaio.com.br e dos blogs www.coachingvs.blogspot.com e www.vivisampaio.blogspot.com