SANTA FÉ DO SUL RECEBE DOAÇÃO DE TERRENO E PRESTA HOMENAGEM AO FUNDADOR DA SUBSECÇÃO


29/11/2011

Na sessão do Conselho Seccional da OAB SP, nessa segunda-feira (28/11), às 10 horas, o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D’Urso recebeu juntamente com o presidente da Subsecção de Santa Fé do Sul, Gilberto Antonio Luiz, outorga de escritura de permissão de uso de um terreno, que sediará a nova Casa do Advogado daquele município, entregue pelo procurador jurídico de Santa Fé do Sul, Milton Carvalho, que estava representando o prefeito, Antonio Favaleça.

Para o presidente da OAB SP, a doação do terreno para a Subsecção é o reconhecimento do trabalho realizado pela advocacia no Estado. “Esse terreno sediará a nova Casa do Advogado e da Cidadania para que a advocacia de Santa Fé do Sul possa continuar trabalhando na defesa dos direitos dos cidadãos e lutando pelos anseios da sociedade local”, disse D´Urso.

Gilberto Antonio Luiz explica que o terreno fica no centro da cidade, numa área nobre, bem localizado, e que permitirá à Subsecção  de Santa Fé do Sul ter instalações compatíveis com as necessidades dos 230 advogados inscritos. “A área pertencia ao Estado, que repassou ao município e depois à OAB SP”, explicou.

Homenagem

O secretário-adjunto da Subsecção de Santa Fé do Sul, Antonio Flávio Rocha de Oliveira, foi homenageado na sessão do Conselho Seccional com uma Láurea de Reconhecimento. “É uma justa homenagem ao fundador e atual diretor de Santa Fé do Sul pelo inestimável trabalho realizado e pelos  serviços prestados à advocacia paulista”, disse o presidente D’Urso.

“É com orgulho que recebo essa homenagem da OAB SP, tão bem representada pelo presidente D’Urso. Formei-me em Direito em 1970, venci algumas batalhas, perdi outras. Tenho orgulho de ser advogado e se voltasse no tempo faria tudo novamente. Seria, com muito orgulho, advogado”, destacou.

Para o presidente Gilberto Antonio Luiz, a homenagem é merecida. “Antonio Flávio passou por várias diretorias, foi fundador e redigiu nossa primeira ata de fundação. É um advogado batalhador, vive da militância, principalmente na área previdenciária e trabalhista”, concluiu.