ADVOGADOS PAULISTAS GANHAM REDE SOCIAL


31/05/2012

A rede social dos advogados (www.adv5.com.br) já está no ar. Foi lançada em sua versão paulista na última quinta-feira (31/5), no Plenário dos Conselheiros, na sede da OAB SP. O nome da rede é uma abreviatura de advocacia e o número ‘5’ faz referência ao artigo 5º da Constituição Federal, que trata dos direitos e garantias fundamentais.

“Essa é a materialização de um sonho antigo, que tivemos junto com o Jarbas Machioni de lançar, inicialmente com a proposta de criar o twitter do advogado. O Vitor Hugo convergiu neste esforço, trouxe a plataforma da ADV5 e temos hoje a concretização de mais uma das revoluções que fizemos na OAB SP, a rede social do advogado, a que todos têm acesso, sem que seja necessário ter nome famoso, padrinho ou conta bancária. Quando essa rede social segmentada se tornar um viral não terá limites”, prognosticou D´Urso.

O conselheiro Vitor Hugo das Dores Freitas, presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia da OAB SP, explicou que o ingresso na rede ADV5 será por e-mail e senha e será permitido às sociedades de advogados terem uma fan page, aos advogados formarem grupo de amigos e todos os presidentes de comissões da OAB SP terão sua própria página. Em Minas Gerais já há 47 mil usuários na rede e em São Paulo com o início da divulgação já houve o ingresso de 100 advogados/dia.

O advogado Tito Livio, presidente da Comissão de Tecnologia e Inovação da OAB-MG, responsável pela ADV5, falou que a rede inicialmente une advogados mineiros e paulistas, mas pretende incorporar os demais estados. “A ADV5 nasceu no dia 21 junho do ano passado na OAB Minas Gerais e agora soma a OAB de São Paulo e é a única rede social classista do país. Visa  integrar o advogado e o estudante de Direito junto à sociedade civil. Hoje o advogado sente falta de ter resposta imediatas aos questionamentos da profissão do dia-a-dia e isso ele encontra na rede, que é cem por cento gratuita e mantida por patrocinadores”, ressaltou. Tito Livio também falou sobre duas novidades que a rede terá: o Fórum de Discussão, um tira-dúvidas jurídico e a Tribuna de Oportunidades, onde será possível aos profissionais buscarem novas frentes de trabalho.

Marcos da Costa, vice-presidente da OAB SP e responsável pela área de informática da Seccional, ressaltou que com a ADV5 a gestão D´Urso faz nova revolução e faz história. “A Ordem com seus 350 mil advogados da cidade de Cruzeiro até Apiaí e de lá até Três Fronteiras se conecta com colegas e a administração da Seccional em todos os pontos do Estado”, destacou.

O conselheiro Jarbas Machioni, presidente da Comissão Web Advocacia, afirmou que a vida do advogado no início do século XX passava pela sala dos advogados nos tribunais, onde havia o convívio para agregar conhecimento. “Hoje a sala do advogado é a ADv5, um espaço infinito de conhecimento que permite troca de experiência e a possiblidade de buscar profissionais na rede, de um correspondente em outro estado tendo a referência que quem ele é amigo de A ou B”, disse.

Para Demi Getschko, considerado o pai da internet no Brasil e membro da Comissão de Ciência e Tecnologia, a ADV5 segue uma tendência no mercado de ampliar o espaço das redes sociais segmentadas. Ele explica que as redes especificas agrupam usuários com interesses comuns e tendem a crescer, a despeito do conteúdo direcionado.

Ao final do evento, Marcos da Costa, abriu um parêntese no lançamento e ressaltou que a administração D´Urso se caracteriza por vertentes: “A primeira pela administração que trouxe a marca da revolução nas finanças, prerrogativas profissionais, relacionamento com os advogados do Estado. E a segunda marca está no cumprimento de propostas de campanha por meio de muitas mãos”. O presidente D´Urso concordou que tudo que foi feito em suas três gestões foi feito em conjunto. “Marcos da Costa foi peça fundamental nessa administração e saio de licença para um novo projeto, tranquilo porque sei que a OAB SP ficará em mãos competentes”, finalizou.

Também estiveram presentes, Stanley Martins Frasão, ex-conselheiro federal e representando o presidente da OAB-MG; o diretor secretário-geral da OAB SP, Braz Martins neto; a  diretora secretária-geral adjunta, Clemencia Beatriz Wolthers, o coordenador da Comissão de Direitos Humanos, Martins de Almeida Sampaio, além de conselheiros, presidente s de Sub secções e de Comissões. (Assessoria de Imprensa: Santamaria N Silveira )