OAB SP VAI CONSTRUIR E REFORMAR 14 CASAS DO ADVOGADO


29/06/2012

Quatorze Subsecções da OAB no interior do Estado serão beneficiadas com a construção ou reforma das Casas do Advogado financiadas pelo banco Santander, com aval do BNDES. Presidentes e diretores dessas Subsecções foram recebidos na sede da Ordem, na última terça-feira (27/6), pelo presidente em exercício da OAB SP, Marcos da Costa, para que fossem assinados os contratos de financiamento.

As subsecções contempladas foram Barueri, Cerqueira Cesar, Conchas, Cotia, Embu, Ilha Solteira, Itanhaém, Mogi Mirim, Paraguaçu Paulista, Praia Grande Presidente Venceslau, Ribeirão Preto, São Roque e Serra Negra.

“A assinatura conjunta representa uma vitória de todos, dos presidentes das Subsecções e de cada advogado e cada advogada que contribui com sua anuidade”, disse Marcos da Costa.

O presidente em exercício  da OAB SP historiou todos os passos dados para chegar à assinatura do contrato. “Tínhamos o sonho da construção das Casas do Advogado. Fizemos uma primeira etapa com 7 Casas e iniciamos esse novo momento, com 14 obras. Esse processo começou lá trás, passou pela definição das plantas com as diretorias das Subseções, regularização da documentação de cada terreno, a licitação e contratação dos projetos executivos, a aprovação de todos os órgãos públicos, a licitação da obra, o encaminhamento ao Santander e, depois, ao BNDES, com análises e aprovação de crédito, de garantias e da documentação jurídica.”

Marcos da Costa também fez um agradecimento a cada um dos diretores: Braz Martins Neto, secretário-geral, Clemencia Beatriz Wolthers, secretária-geral adjunta, José Maria Dias Neto, tesoureiro e Tallulah Kobayachi de Andrade Carvalho, diretora adjunta, que trabalharam para a concretização dos projetos e dos financiamentos, e ao presidente da Comissão de Obras e Patrimônio, Rosano Rossi.

O diretor executivo do Santander Sergio Gonçalves parabenizou a todos os parceiros e atores pelo marco das obras. “Todos nós estamos celebrando um processo que foi de alguns anos importante para a OAB SP, propiciando melhor atendimento aos advogados, ao público. Parabéns à boa governança e à credibilidade, porque só com esse dois fatores é possível dar esse passo. O Santander tem orgulho de ser parceiro da OAB SP e temos trabalhado para que essa parceria se consolide cada vez mais”, destacou. Do Santander, também estavam presentes: Romualdo Rago Fonseca – Superintendente de Governo e Instituições e Alberto Antônio Ferreira - Superintendente de Governo e Instituições.

Rosano Rossi contou como a ideia  das obras tomou forma: “Quando esse projeto passou pela Comissão de Obra, solicitamos à controladoria uma justificativa, um demonstrativo, no qual foi possível constatar que era maior a vantagem da construção para a Ordem, pois aquilo que se paga de locação não retorna mais. Em alguns casos o valor da locação está próximo do valor da parcela de financiamento e ao final as casas pertencerão à Seccional”.

Repercussão

Barueri - José Almir, presidente da Subsecção de Barueri. 
“O terreno foi doado pela prefeitura, com 240 metros.
Mas a casa terá 650 metros porque tem um mezanino e dois pavimentos. São quase 2 mil advogados. Hoje, o imóvel é alugado, inadequado, não tem lugar para colocar nada mais. Acreditamos que em 5, 6 meses a obra esteja concluída. O projeto foi elaborado pela Seccional e está aprovado”, afirmou o presidente José Almir.

Cerqueira Cesar – Davi Vitório Minossi Zaina
“A casa é fundamental para a advocacia de Cerqueira Cesar. Hoje nós temos uma casa alugada pequena. Nós não temos como acomodar todos os advogados quando temos palestras”

Embu - Carlos Alberto Cardoso de Camargo
“A Casa do Advogado é um patrimônio que vai fortalecer a Subsecção e o prédio alugado não é próprio para acomodar a Subsecção. A nova sede tem aproximadamente 900 metros quadrados, local para estacionamento e salas adequadas para os advogados. Esperamos inaugurá-la em dezembro.”

Ilha Solteira – Zailton Pereira Pescaroli
“A casa servirá para atender a comunidade. “A OAB no interior é um instrumento de cidadania e uma nova casa onde poderemos atender a população carente e vamos ter um auditório. Enfim, é uma casa não apenas dos advogados, mas da comunidade, então é essa a importância. É mais um espaço de cidadania que se instala naquela cidade. Hoje estamos em um prédio alugado, muito caro, e insuficiente para atender as necessidades da advocacia e a comunidade de Ilha Solteira”.

Itanhaém – Djalma Filoso Junior
“Precisamos da casa para ter melhores condições de acesso, melhor atendimento ao público e ao advogado, instalações condignas com a nossa classe, com auditório. O espaço nos dá mais ânimo, moraliza a Ordem, cria uma melhor convivência entre os advogados. Estamos num imóvel locado e não temos espaço para quase nada”

Presidente Venceslau – Maurilio  Hernandes
“O imóvel que abriga a Casa do Advogado não comporta o número de advogados da Subsecção. “Temos235 advogados e há anos estamos pleiteando uma sede própria. “A previsão é para que a casa esteja pronta em 6 meses para ser inaugurada em dezembro”.

Ribeirão Preto - Ricardo Rui Giuntini
“Nós vamos praticamente dobrar a estrutura física, construiremos um anexo que será, praticamente, do mesmo tamanho do prédio que já existe e vamos conseguir abrigar num só prédio todas as instalações que temos lá. Então vamos poder trazer a CAASP, a livraria, a farmácia, vamos ampliar o auditório, vamos trazer TED, comissão de ética, prerrogativas, ou seja, nós vamos poder, em um só ambiente, dar um conforto muito maior aos advogados e a própria população que se serve desses serviços prestados pela OAB”.