OAB SP PEDE CANCELAMENTO DE EDITAL DA SABESP QUE BUSCA ESCRITÓRIO ESTRANGEIRO


06/07/2012

O presidente em exercício da OAB SP, Marcos da Costa, enviou ofício à Sabesp pedindo a suspensão e o cancelamento do Edital nº 56.331/12, que visa à contratação de escritório de advocacia estrangeiro estabelecido no Brasil, especializado em direito de mercados de capitais e bancários para legislação norte-americana para prestar serviços advocatícios.

No ofício endereçado à presidente da Sabesp, Dilma Pena, o presidente da OAB SP afirma que a limitação imposta impede que escritórios brasileiros, regularmente inscritos na OAB, participem do Edital 56.331/12, mesmo que sejam especializados nas matérias objeto da concorrência, mas abre para que escritórios (estrangeiros)  de qualquer outra nacionalidade participe.

“Além de representar evidente desprestígio à advocacia nacional, cria uma distinção injustificável, privilegiando escritórios estrangeiros, independentemente de sua nacionalidade, contra os interesses da advocacia brasileira e, mais, restringindo a participação de potenciais escritórios de advocacia brasileiros interessados no processo licitatório, contrariando os princípios que norteiam as contratações da espécie”, afirma Costa.

Diante dos argumentos expostos, Marcos da Costa solicitou a imediata suspensão do Edital, seu cancelamento e abertura de nova concorrência, “sem os vícios de legalidade apontados pela OAB SP”.