COMISSÃO DA VERDADE DA OAB SP TOMARÁ POSSE NO DIA 26 DE JULHO


18/07/2012

Os advogados membros da Comissão da Verdade da OAB SP tomarão posse oficial no próximo dia 26 de julho, às 11 horas, no salão nobre da Ordem (Praça da Sé, 385 – 1º. andar). No início deste mês, a Comissão realizou na sede da Ordem uma reunião preparatória com todos os membros, que fizeram uma série de sugestões sobre sua atuação, especialmente quanto à abrangência dos trabalhos.

 

 

Segundo Mário Sérgio Duarte Garcia, o balanço desse primeiro encontro foi positivo: “Até então não tínhamos tido a oportunidade de reunir os advogados que tiveram uma atuação muito importante na defesa dos presos políticos, da liberdade e que trouxeram para essa primeira reunião, porque permitiu que nós pudéssemos colher informações e receber sugestões de todos no sentido de viabilizar uma colaboração da OAB SP em busca da verdade. Evidente que não vamos fazer nenhum trabalho que interfira na Comissão da Verdade que foi criada a nível federal, mas pretendemos levar uma contribuição, subsídios daquilo que for possível colhermos por ocasião dos trabalhos que iremos realizar”, disse, lembrando que durante sua gestão a OAB SP tinha um livro de mortos e desaparecidos, que era aberto para a população fazer anotações.

 

O presidente em exercício da OAB SP, Marcos da Costa, que idealizou a criação da Comissão da Verdade, anunciou que convidou para comparecer à posse o vice-presidente da República, Michel Temer, o presidente da OAB Nacional, Ophir Cavalcante e os membros da Comissão Nacional da Verdade, sendo que o ex-ministro José Carlos Dias já confirmou presença. “A Comissão da Verdade é integrada por advogados históricos, que irão resgatar o importante trabalho realizado pelos advogados paulistas em prol do Estado Democrático de Direito, durante o período da ditadura militar”, afirmou Costa.

 

O vice-presidente da Comissão, Belisário dos Santos Junior, sugeriu que o marco de atuação da Comissão seja  os advogados e questões gerais da cidadania. “ O  marco central sobre os advogados sugere uma ação, que é a reunião, depois os depoimentos dos advogados para registro e isso poderia ser um documentário sobre a atuação dos advogados. Existem alguns livros de como foi à atuação do advogado, como o advogado trabalhava com a questão das prerrogativas, mas também focar como o sistema trabalhou para coadjuvar falta de habeas corpus. Que estruturas foram criadas para combater o trabalho dos advogados, porque atingindo os advogados seriam atingidos os oponentes”, afirmou.

 

Participam da Comissão da Verdade da OAB SP: presidente, Mário Sérgio Duarte Garcia; vice-presidente, Belisário dos Santos Júnior; secretário, Arnor Gomes da Silva Junior; membros efetivos, Airton Estevens Soares, Aton Fon Filho, Iberê Zeferino Bandeira de Mello, Idibal Matto Pivetta, José Carlos da Silva Arouca, Luiz Eduardo Rodrigues Greenhalgh, Luiz Olavo Baptista, Paulo Gerab, Paulo Sérgio Leite Fernandes, Takao Amano, Tales Oscar Castelo Branco, Valter Uzzo e Zulaiê Cobra Ribeiro; membros colaboradores, Carlos Alberto Augusto Baptista, Cid Vieira de Souza Filho, Fábio Marcos Bernardes Trombetti, José Leme de Macedo, Martim de Almeida Sampaio e Oscar Alves de Azevedo.