DIRETORIA DE PENHA DE FRANÇA SE REÚNE COM TJ-SP PARA TRATAR DO PRÉDIO DO FÓRUM


17/10/2012

Os problemas do Fórum Regional de Penha de França, saturado há décadas, devem ser resolvidos em curto prazo, segundo o juiz-assessor da Assessoria Patrimonial do TJ-SP, João Baptista Galhardo Júnior, aos diretores da Subsecção de Penha de França, Marcio Gonçalves (Presidente) e Marcelo Paiva Chaves (Secretário Geral), durante audiência no Tribunal, na última terça-feira (16/10). O encontro entre a Subsecção de Penha de França e o TJ foi viabilizado pelo presidente em exercício da OAB SP, Marcos da Costa. “Ao proporcionar que o presidente da Subseção exponha diretamente ao Tribunal suas dificuldades estamos tentando encontrar possíveis soluções", afirma Costa.

 A discussão em torno da construção do novo prédio do Fórum da Penha é antiga e tem gerado das inúmeras reclamações da Subseção, que realizou diversas audiências, no decorrer dos últimos anos e dos projetos existentes. O juiz-assessor disse existir dois caminhos: o primeiro, já concretizado, com a locação de um imóvel contíguo, visando desafogar à saturada estrutura do prédio atual, a melhor operacionalidade e conforto aos juízes, funcionários, advogados(as) e jurisdicionados. Paralelamente, estudos já se encontram em avançado estágio, visando à edificação de um novo prédio. “No decorrer dos últimos anos, sempre buscamos manter na pauta do Tribunal os graves problemas existentes em nosso fórum regional e assim continuaremos até atingir nosso objetivo”, ressaltou Marcio Gonçalves.