INAUGURADA PRIMEIRA FASE DA NOVA SEDE DA OAB SP


13/12/2012

A OAB SP inaugurou a primeira fase de sua nova sede , situada entre a Av. Brigadeiro Luis Antonio e a Rua Maria Paula , na última terça-feira (11/12), às 17 horas. O presidente do Conselho Federal da OAB, Ophir Cavalcante; o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D’Urso e o presidente eleito para o triênio 2013/2015, Marcos da Costa, descerraram a placa de inauguração, ao lado dos diretores do Conselho Federal e Seccional Paulista.

Essa primeira fase implicou no desenvolvimento de projetos , regularização da obra junto aos órgãos públicos, uma vez  que o imóvel é tombado por seu valor urbanístico e execução da reforma interna em curso. O  prédio é da década de 50  e tem metragem de  3.300 metros quadrados de área construída, tendo sido  adquirido em  abril  pelo Conselho Federal da OAB. Serão realizadas duas obras. Uma que envolve retrofit na torre de 11 andares e edificação na área anexa  de 700 metros quadrados, que será dotada de auditório,  espaço para embarque e desembarque e centro de convivência.  A nova sede abrigará os gabinetes da presidência, vice-presidência e demais diretorias , Conselho Seccional e atividades institucionais da OAB SP, hoje locados na Praça da Sé.

Para D’Urso, a nova sede ocupará um  ponto estratégico no centro histórico da capital , de mais fácil acesso e  dará maior grande visibilidade à sede da OAB SP. O  presidente explicou que a sede atual da OAB SP na Praça da Sé éfoi  inaugurada em 1955 e está saturada frente ao crescimento da advocacia paulista. “ A Ordem tinha 3 mil inscritos em 1955, hoje são 300 mil advogados. Há muito precisávamos de uma nova sede, com espaços mais adequados, inclusive com  um auditório  maior que pudesse comportar o grande número   de colegas que participam de cursos e  palestras da OAB, realizadas de domingo a domingo, com lotação completa. Esta demanda precisava ter resposta da OAB, até porque o números de conselheiros aumentou  de 120 para 160 e o de comissões saltou de algumas dezenas para mais de cem, muitas com centenas de integrantes”. 

O presidente da OAB SP agradeceu o presidente do Conselho Federal, Ophir Cavalcante pela aquisição do prédio: “Não tínhamos recursos para comprar esse prédio, sem impactar na anuidade e, ao contrário, nesses nove anos fomos diminuindo a anuidade a ponto de hoje termos a anuidade 20% mais barata comparada ao comparada ao valor de quando começamos, em 2004. Essa luta buscava-se alternativas para ter um espaço sem gastar dinheiro de São Paulo e com o repasse obrigatório que fazemos à CAASP e ao Conselho Federal, isso encontrou eco para que essa reserva pudesse retornar a São Paulo  para a aquisição desse prédio sem gastar um centavo do dinheiro de São Paulo. Dessa forma, a OAB SP e o Conselho Federal conseguiram  a concretização desta ideia que se transformou em sonho, sonhado por muitos. Hoje  fecho a minha gestão com chave de ouro e com o sentimento de dever cumprido”.

Ophir  Cavalcante disse que era uma alegria grande estar em São Paulo,  cidade que sempre o recebeu de braços abertos. “ Sou cidadão paulistano com muito orgulho e agradeço a todos e, principalmente,  à advocacia paulista, que nunca faltou com seu apoio.  Afirmou que o sonho individual tornou-se um projeto coletivo: “ Com esse novo espaço, a advocacia paulista finca uma bandeira de resistência na sua trajetória em busca de um Brasil forte e de uma sociedade cada vez melhor representada. Quem ganha não são apenas os paulistas, mas toda a advocacia brasileira”.

Para o presidente do Conselho Federal,  a advocacia paulista  é  merecedora dos  recursos, porque sempre  contribuiu com todos os Estados nesse sentido. “Todas as seccionais são iguais graças ao sistema federativo, que desta vez funcionou ao inverso para beneficiar a advocacia paulista, exemplo de luta e coragem”, ressaltou. Também parabenizou o presidente D´Urso e sua diretoria pela conquista da nova sede, que para ele terá um significado forte,  de fortaleza da cidadania  e da advocacia. 

Estimando que a inauguração definitiva do prédio novo deva ocorrer no final de seu primeiro ano de gestão,  em dezembro de 2013, o  presidente eleito da OAB SP, Marcos da Costa,  ressalta que o novo prédio é uma grande conquista: “ Cria a possibilidade de acomodar melhor a estrutura da  Seccional Paulista, prestando um melhor serviço aos advogados. O auditório, por exemplo, hoje cabe um pouco mais de 90 pessoas e aqui comportará quase 400. Os cursos e eventos certamente terão uma integração muito maior no novo auditório. Nesse novo espaço  a advocacia se sentirá em casa, com conforto e segurança.”

Segundo a secretária-geral adjunta da OAB SP e diretora que supervisiona as obras da nova sede, Clemencia Wolthers, essa primeira fase foi a mais difícil porque envolveu muita burocracia. “ Hoje, o imóvel está pronto para receber acabamento interno  e a nova rede elétrica e hidráulica”, afirma, ressaltando que  todas as autorização decorrentes do tombamento do prédio devem estar concluídas para iniciar a licitação das obras em janeiro de  2013.

Participaram da inauguração da fase um do novo prédio-sede da OAB SP;  o presidente do Tribunal de Justiça Militar de São Paulo, Orlando Eduardo Geraldi ; o secretário-geral da OAB SP, Braz Martins Neto; o diretor-tesoureiro, José Maria Dias Neto, a diretora adjunta- Tallulah Kobayashi de Andrade Carvalho; o presidente da CAASP, Fábio Romeu Canton Filho , o presidente da Subsecção de Bauru ,Caio Augusto Silva dos Santos secretário-geral eleito; Antonio  Ruiz Filho , atual conselheiro seccional e secretário-geral adjunto eleito; Carlos Roberto Fornes Mateucci, presidente do Cesa e diretor-tesoureiro eleito, Luiz Antonio Caldeira Miretti, representando o presidente da Associação Comercial, entre outras autoridades.(Assessoria de Imprensa: Santamaria Nogueira Silveira)