AASP, IASP E AATSP PARTICIPAM DA REUNIÃO DO CONSELHO SECCIONAL


19/02/2013

Os presidentes do IASP, José Horácio Halfeld Rezende Ribeiro, da AASP, Sérgio Rosenthal, e da AATSP, Ricardo Dagre Schmid, participaram da primeira reunião do Conselho Secional da OAB SP, na última segunda-feira (18/2), no Novotel.

“A presença dos  dirigentes da AASP, IASP e AATSP tem o condão de demonstrar que a advocacia estará ainda mais unida nestes três anos”, disse o presidente da OAB SP,  Marcos da Costa, lembrando que a AASP completa 70 anos, honrando e engrandecendo a advocacia, e que o IASP é mais antigo  do que a Ordem e que seu presidente tem assento e voz no Conselho da Seccional, e que a AATSP, representante da advocacia trabalhista, tem à sua frente uma jovem liderança. Para Costa, não faltarão temas de interesse comum para propiciarem atuação  conjunta das entidades representativas da advocacia.

José Horácio Halfeld Rezende Ribeiro reafirmou a intenção do IASP de auxiliar no que for possível, no ponto de vista cultural, o trabalho desenvolvido pelas entidades coirmãs, identificando as agendas comuns para um trabalho profícuo, em benefício da advocacia.  Ele fez uma homenagem a Marcos da Costa, lembrando que 18 de fevereiro é dia do presidente, comemorado nos EUA, para celebrar a figura daqueles que se dedicam à missão da presidência,” que muitas vezes nos priva de vida pessoal em prol de algo superior, coletivo”, lembrou.

Sérgio Rosenthal elogiou o dinamismo e a condução de Marcos da Costa na presidência da OAB SP, enfrentando todos os desafios que neste início de ano já começaram a mexer com a vida do advogado. Ele saudou os ex-presidentes da AASP, que agora compõem o Conselho da Ordem, Clito Fornaciari Júnior, Fábio Ferreira de Oliveira, Márcio Kayatt e Antônio Ruiz Filho. Ressaltou que há questões sérias que a advocacia vem enfrentando, como o peticionamento eletrônico que está sendo imposto pelo TJ SP, o que causará, em sua opinião,  contratempos àqueles que não estão adaptados para esta nova forma de trabalho; além do provimento 2028/13, em que o TJ SP contraria a Lei e precedentes do CNJ, ao  limitar o atendimento aos advogados. Também citou os eventos especiais de comemoração aos 70 anos da AASP, como o Encontro Anual de Advogados da AASP – 25 a 27 de abril, em Campos do Jordão.

Ricardo Dagre Schmid  ressaltou que hoje “a advocacia de São Paulo clama por respeito nas prerrogativas diárias”. Segundo ele, “há uma tentativa de descentralização e a imposição da digitalização sem ouvir a classe, como deve ser ouvida, é algo que devemos repensar. Na advocacia trabalhista bandeirante temos pelo menos 50 mil advogados e devemos ser ouvidos. Se não congregarmos esforços, nossas prerrogativas serão sistematicamente violadas, é momento de trabalharmos de maneira coletiva”, conclamou.

O conselheiro federal e membro nato da OAB SP, Luiz Flávio Borges D'Urso, fez uma saudação ao presidente Marcos da Costa , ao Conselho Seccional  e entidades coirmãs  e  citou Churchill  para expressar seu desejo de que a gestão possa brilhar e enfrentar seus desafios:" Um pessimista vê dificuldades em cada oportunidade.Um otimista vê oportunidades em cada dificuldade".