CURSOS E DEBATES NA ESCOLA PAULISTA DE MAGISTRATURA


26/02/2013

No período entre a última semana de março e o fim do mês de junho, a Escola Paulista da Magistratura oferece duas oportunidades de aprendizado e atualização jurídica. A primeira delas é o curso “Aspectos Médicos e Jurídicos da Reprodução Assistida”, com aulas começando no dia 3 de abril. Além disso, no dia 22 de março começa o 6º ciclo de debates “Café com Jurisprudência”.

6º ciclo de debates

A sexta edição do “Café com Jurisprudência” terá 7 encontros quinzenais, realizados sempre às sextas-feiras, das 10 às 12 horas, no auditório da Escola Paulista da Magistratura – rua da Consolação, 1.483 – 1º andar. Na primeira semana, o tema será “Títulos judiciais e as ordens judiciais – distinções conceituais”, tendo como convidados Marcelo Martins Berthe, juiz mestre em Direito Político e Econômico, e Marcelo Fortes Barbosa Filho, juiz doutor em Direito Civil.

Duas semanas depois, no dia 5 de abril, os expositores serão o desembargador Ricardo Henry Marques Dip, da 11ª Câmara de Direito Público, e o juiz Paulo Roberto Gaiger Ferreira, tabelião especialista em Direito Notarial e Empresarial. Este debate terá como tema “A ata notarial como meio de prova”.

A programação dos outros cinco encontros você encontra no site da EPM – www.epm.tjsp.jus.br. As inscrições são gratuitas, com vagas, limitadas.

 
Curso “Aspectos Médicos e Jurídicos da Reprodução Assistida”

A partir de3 de abril (quarta-feira), sempre das 19h30 as 21h30, com aulas semanais, a EPM oferece o curso “Aspectos Médicos e Jurídicos da Reprodução Assistida”. Em cinco aulas, o curso terá os temas “As diversidades técnicas de reprodução assistida”, “Limites éticos e jurídicos da reprodução assistida e descarte de embriões”, “Responsabilidade civil dos médicos na reprodução assistida”, “Responsabilidade penal na reprodução assistida “ entre outros.

As palestras ocorrerão no auditório da EPM – rua da Consolação, 1483 – 3º andar. A programação completa do curso você encontra no site da EPM – www.epm.tjsp.jus.br. As vagas são limitadas.