OAB-Bauru comemora participação em Projeto Social para Crianças e Adolescentes


15/04/2014

O presidente da Subsecção de Bauru Alessandro Biem Cunha Carvalho entregou, nesta segunda-feira (14/04), à Diretoria da Seccional (Presidente Marcos da Costa; Secretário-geral, Caio Augusto Silva dos Santos; Secretário-geral adjunto, Antonio Ruiz filho e Diretor-tesoureiro, Carlos Roberto Fornes Mateucci) um balanço do Projeto Gente Legal, apoiado pela OAB-Bauru desde 2007, que reúne 8 instituições participantes, 72 educadores e atende a quase mil crianças e adolescentes carentes da rede pública de ensino.

O Projeto Gente Legal busca a inclusão social pela arte teatral, voltada ao trabalho educacional e pedagógico de crianças e adolescentes carentes. Também oferece conteúdo e informação para educadores e voluntários engajados na tarefa de resgate e promoção sociais e entretenimento. “A Subsecção de Bauru cede o auditório para ensaios, que acontecem no primeiro semestre do ano; assim como para as apresentações gratuitas das peças, que ocorrem aos domingos, no segundo semestre. As crianças e adolescentes também participam de debates a cada apresentação”, explica Alessandro Carvalho, ressaltando o caráter social do projeto.

“O papel da OAB não é só voltado à classe, também desenvolvemos atividades destinadas à cidadania e o sucesso do Projeto Gente Legal é um exemplo da prestação de serviço da Advocacia à comunidade”, diz o Presidente da OAB SP, Marcos da Costa.

Além da OAB-Bauru, são parceiros do Projeto Gente Legal as Secretarias Municipais de Cultura e de Educação de Bauru, Oficina Cultural Glauco Pinto de Moraes (Secretaria de Estado da Cultura) e o Grupo Ato.  O Presidente da Subsecção de Bauru ressalta a importância do projeto que quer levar a arte para o cotidiano da criança, motivando a criatividade e a aprendizagem: “  O último espetáculo encenado foi   ‘O Dia em que o Medo virou Música’, espetáculo musical infantil, inspirado no clássico João e Maria”. Ele lembra, também, que o Grupo teatral Ato, gestor do projeto, recebeu o Prêmio de Direitos Humanos - 2013 da OAB Bauru, que tem como patrono Gastão de Moura Maia Filho, em reconhecimento o trabalho social que realiza.

No balanço do Projeto entregue à Diretoria da OAB SP, o total de público mobilizado ficou acima de cinco mil, a demonstrar a aceitação e o envolvimento do público e das crianças, que atuam como atores e também como criadores dos textos encenados. O projeto está inscrito no Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura (ProAc nº 13.339).