Lançada a sexta edição do Anuário da Justiça


24/02/2015

Lançamento do sexto Anuário de Justiça
Estiveram presentes no evento, o secretário-geral adjunto, Antonio Ruiz Filho; o tesoureiro, Carlos Roberto Fornes Mateucci e a vice-presidente da OAB SP, Ivette Senise Ferreira.

A publicação editada pelo Consultor Jurídico, Anuário da Justiça de São Paulo, traçando um detalhado perfil do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), e com riqueza de informações sobre o dia a dia do judiciário paulista, chegou à sexta edição (24/02/2015).

Representando o presidente a OAB SP, Marcos da Costa na cerimônia, esteve presente a vice-presidente da entidade, Ivette Senise Ferreira, que destacou se tratar de um documento muito esperado. “A advocacia tem tantos envolvimentos e atuações diferentes que a gente não tem uma visão geral do que acontece no Tribunal”, acrescentou. “A publicação serve para embasar o trabalho do advogado, que tem de resolver os conflitos em diversas áreas”.

Para o presidente do TJ-SP, José Renato Nalini, o anuário torna o Tribunal mais transparente. “Os dados trazem um panorama amplo do funcionamento do TJ-SP. Ou seja, serve para registrar, ano a ano, as conquistas do jurisdicionado paulista e o perfil de todos os magistrados que aqui atuam e tomam decisões importantes para a sociedade”, pontuou.

Presente à solenidade, o secretário-geral adjunto da Secional paulista, Antonio Ruiz Filho, reconheceu que a publicação é de maior relevância. “Graças ao Anuário, o advogado pode ter informações úteis para seu trabalho. Tudo que vem em benefício do exercício profissional da advocacia, a OAB SP vê com maior entusiasmo”, adicionou. A OAB SP ainda foi representada pelo diretor-tesoureiro, Carlos Roberto Fornes Mateucci, e pela diretora da Mulher Advogada, Tallulah Kobayashi de Andrade, além de conselheiros secionais.

Entre as autoridades, o ex-presidente do STJ, ministro Cesar Asfor Rocha, reforçou a importância da publicação para toda a sociedade jurídica. “O Anuário traça o perfil deste que é o maior e mais importante Tribunal do País”.

O editor do Anuário da Justiça, Márcio Chaer, lembrou que a publicação com 420 páginas, traz panorama completo da corte, com o perfil dos 360 desembargadores e 80 juízes convocados em segundo grau. O jornalista elogiou a implantação do sistema tecnológico que vem sendo implantado na casa e vai ajudar a acelerar o andamento dos processos.

A publicação é um trabalho fundamental para todos os que atuam no campo da Justiça, sobretudo para o advogado, já que permite conhecer o perfil dos membros do Judiciário e ter acesso às decisões recentes de maior influência na vida do cidadão.

Marcos da Costa, que cumpre agenda em Brasília, não pode comparecer ao evento, mas foi representado pela vice-presidente da OAB SP. Desejou sucesso aos profissionais responsáveis pela edição em mensagem encaminhada para o editor da publicação.