Grande festa reúne a advocacia paulista em torno do novo prédio da OAB Campinas


21/09/2015

Grande festa reúne a advocacia paulista em torno do novo prédio da OAB Campinas - Drone
Presença maciça de advogados da região de Campinas na inauguração das novas instalações da Subseção da cidade

Cada centímetro - do terreno ao prédio que abriga a Casa da Advocacia e da Cidadania em Campinas, bem ao lado da Cidade Judiciária - foi produto de muito empenho e negociações de dirigentes da Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo para viabilizá-la. Foram anos de espera pelo local mais adequado e para as condições de obra até os 2.500 metros de área construída serem abertos na concorrida cerimônia de inauguração (17/09), que viu suas dependências ficarem lotadas com convidados, autoridades e os beneficiários do espaço, os advogados. Na festa circularam cerca de duas mil pessoas.

Marcos da Costa, presidente da OAB SP, que acompanhou cada passo desse processo, insistiu em destacar que a nova Casa é uma conquista de toda a advocacia paulista. Porém, não negou a alegria de ter na sua gestão o descerramento das faixas que declararam o prédio pronto a receber os profissionais que circulam pela próspera região metropolitana de Campinas. São cerca de 12 mil advogados inscritos e uma população de mais de três milhões de habitantes, além de aquele distrito ser relevante polo produtor para o país.

Grande festa reúne a advocacia paulista em torno no novo prédio da OAB Campinas - Corte 4
O presidente da OAB SP, Marcos da Costa, celebrou a importante conquista para a advocacia campineira ao lado do presidente da Subseção de Campinas, Daniel Blikstein, e das demais autoridades presentes

“Acompanho a construção deste sonho há duas décadas e vi muitas diretorias passarem por aqui, todas buscando a realização desse edifício; por isso, em que pesem diferenças, tenho certeza que hoje todos estamos comemorando juntos”, enfatizou Costa na festa de abertura, ao lado do presidente da Subseção de Campinas, Daniel Blikstein, e de autoridades como o secretário de Justiça do Estado, Aloísio de Toledo César, que estava ali representando o governador Alckmin; o arcebispo metropolitano de Campinas, dom Airton José dos Santos; o prefeito da cidade, Jonas Donizette; o presidente da Câmara Municipal de Campinas, Rafael Fernando Zimbaldi, entre outros vereadores e representantes da magistratura. Da OAB SP compareceram à festa 21 representantes de Subseções e 30 conselheiros.

O prédio de Campinas, que acolhe a maior Subseção de São Paulo, se justifica pela relevância socioeconômica da região, e embute uma inovação pelo fato de ter sido construído em terreno cedido, pela primeira vez, pelo governo do Estado. As parcerias que a OAB SP desenvolve quase sempre se dão com as prefeituras. No evento, como discursou Marcos da Costa, a única nota a lamentar foi a ausência do desembargador José Henrique Rodrigues Torres, que foi o idealizador da Cidade Judiciária e sempre incentivou que a OAB Campinas tivesse instalações nas proximidades.

Sonho junto é melhor

Grande festa reúne a advocacia paulista em torno no novo prédio da OAB Campinas - Corte 3
O ex-presidente da Subseção de Campinas e conselheiro da Ordem paulista, Djalma Lacerda (à dir), descerra a sua foto oficial na galeria do presidentes de Campinas já no prédio novo da Subseção, acompanhado por Marcos da Costa e Fábio Romeu Canton Filho, presidente da CAASP
“Essa casa não é só um amontoado de tijolos e cimento, é um projeto de 12 mil advogados da região de Campinas, por isso quero cumprimentar a todos e a todas as autoridades presentes por essa realização que é de todos nós”, resumiu Daniel Blikstein o espírito de solidariedade que imprimiu um ânimo especial à festa de inauguração. Festa que também teve seu minuto poético, no excepcionalmente rápido discurso do ex-presidente da Subseção de Campinas e conselheiro da Ordem paulista, Djalma Lacerda. Ele havia prometido que somente descerraria a sua foto oficial na galeria do presidentes de Campinas quando o sonhado prédio fosse erguido. Esperou dez anos, e não teve dúvidas: “Um sonho que se sonha só, é só um sonho. Um sonho que se sonha junto torna-se realidade”. 


Cidadania

Grande festa reúne a advocacia paulista em torno no novo prédio da OAB Campinas - Corte 5
Marcos da Costa no momento em que recebe o título de Cidadão Campineiro como forma de reconhecimento aos serviços prestados à comunidade e à advocacia

Após a abertura do prédio aos convidados, deu-se uma sessão solene da Câmara Municipal na Casa da Advocacia para outorgar os títulos de Cidadãos Campineiros aos presidentes Marcos da Costa e Daniel Blisktein. Honraria que foi proposta, respectivamente, pelos vereadores Marcos Bernardelli e Vinicius Gratti, como forma de reconhecimento aos serviços prestados à comunidade e à advocacia pelos dois profissionais. O ato é um incentivo para que o espírito de cooperação social se perpetue, já que a Casa da Advocacia e da Cidadania também é um espaço que atende aos que buscam Justiça.

Junto com o presidente Marcos da Costa estavam os diretores da Secional José Maria Dias Neto (tesoureiro), Tallulah Kobayashi de Andrade Carvalho (Mulher Advogada), Clemência Beatriz Wolthers (Sociedades de Advogados) e Martim de Almeida Sampaio (Direitos Humanos), além do conselheiro federal Márcio Kayatt. Da diretoria da CAASP, capitaneada pelo presidente Fábio Canton, estavam o vice-presidente Arnor Gomes da Silva Júnior, secretário-geral Rodrigo Ferreira de Souza de Figueiredo Lyra, secretário-geral adjunto Jorge Eluf Neto e os diretores Adib Kassouf Sad, Maria Célia do Amaral Alves, Gisele Fleury Charmillot Germano de Lemos e Rossano Rossi.