OAB SP realiza debate sobre investigação cibernética


14/10/2015

A sede da Secional paulista da Ordem, na Rua Maria Paula, recebe na sexta-feira (16/10), às 19h00, o debate “Direito Eletrônico - Tecnologia forense a serviço da investigação”. De acordo com o presidente da Comissão Especial de Direito Eletrônico e de Crimes de Alta Tecnologia da OAB SP, Coriolano Aurélio de Almeida Camargo, o evento frisa a necessidade de se estabelecer um padrão técnico para colheita, análise, preservação e disponibilização da prova eletrônica: “Sem esses elementos necessários, a prova eletrônica é nula, uma vez que fere o princípio do contraditório e da ampla defesa. Para a sua preservação é necessária a criação de um manual de procedimentos técnicos que determine a forma pela qual a prova foi coletada”. O evento trará casos atuais onde a prova eletrônica foi declarada em pleno direito em função de vícios processuais que foram cometidos durante a fase probatória.

As inscrições devem ser feitas no atendimento, ou por meio do link abaixo, e mediante a doação de uma lata ou pacote de leite integral em pó: http://www2.oabsp.org.br/asp/cultura/cultura05.asp?pgv=a&id_cultural=17520.

Confira, a seguir, a programação completa:

Abertura
Dr. Coriolano Aurélio de Almeida Camargo
Advogado, conselheiro Secional e presidente da Comissão Especial de Direito Eletrônico e de Crimes de Alta Tecnologia da OAB SP.

Dr. Cid Vieira de Souza Filho
Advogado, conselheiro Secional e presidente da Comissão de Estudos sobre Educação e Prevenção de Drogas e Afins da OAB SP.

Dr. Marcelo Crespo
Advogado; doutor e mestre em Direito Penal pela FADUSP; pós-graduado em Segurança da Informação, Direito Penal e Processo Penal; MBA de Direito Eletrônico e coordenador do MBA em Compliance da Escola Paulista de Direito.

Técnicas de investigações cibernéticas

Expositores
Júlio César R. Benatto
Supervisor na prática de serviços de tecnologia forense da KPMG Brasil; pós-graduado em Computação Forense e membro da Comissão de Direito Eletrônico e Crimes de Alta Tecnologia da OAB SP.

José Francci Neto
Supervisor na prática de serviços de tecnologia forense da KPMG Brasil; pós-graduado em Computação Forense, experiência em projetos de Forense Computacional e Discovery e membro da Comissão de Direito Eletrônico e Crimes de Alta Tecnologia da OAB SP.

Dr. Daniel Sibille
Advogado; especialista em Compliance e Combate a Fraudes; graduado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e pós-graduado em Direito Civil e Direito Empresarial.

Debatedores

Dr. Ricardo Vieira Souza
Advogado; mestrando em Direito Processual Penal pela PUC SP e membro da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB SP.
Dra. Cristina Sleiman
Advogada; pedagoga; mestre em Sistemas Eletrônicos pela USP e responsável pela Coordenadoria de Prevenção de Risco Eletrônico no Ambiente Corporativo da Comissão de Direito Eletrônico e Crimes de Alta Tecnologia da OAB SP.

Dr. João Bonvicino
Advogado; especialista nas áreas de Compliance e Investigações Forenses.

Serviço
Evento: “Direito Eletrônico - Tecnologia forense a serviço da investigação”
Data: 16/10 - 19h00
Local: Rua Maria Paula, 35 - 1º andar