Ética e aprimoramento técnico são as recomendações aos novos inscritos em solenidade da OAB SP


16/11/2015

Ética e aprimoramento técnico são as recomendações aos novos inscritos em solenidade da OAB SP
Mesa da solenidade de entrega de carteiras, no auditório da OAB SP

Nesta quinta-feira (12/11), 80 novos inscritos receberam suas carteiras da OAB na sede da instituição. Representando o presidente da Seção São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil, Marcos da Costa, o conselheiro Secional e presidente da Comissão de Seleção e Inscrição, Fernando Oscar Castelo Branco, salientou durante a abertura da cerimônia que o momento era não só de prestação de compromisso, mas também de festividade. “Os poucos advogados que aqui estão passaram pelo Exame de Ordem que tem 10% de aprovação devido a situação precária das nossas faculdades de Direito. Temos, porém, a certeza que os colegas que comparecem hoje saberão prestar um profundo serviço à cidadania nacional no exercício da advocacia”, disse Castelo Branco ao aconselhar os novos profissionais a zelarem pela ética e o aprimoramento técnico.

O vice-presidente da Comissão do Jovem Advogado, Leandro Caldeira Nava, por sua vez, deu as boas-vindas aos recém-inscritos e os orientou não só a utilizar os benefícios oferecidos pela entidade de classe - como os descontos em livros e em tratamentos odontológicos -, mas também a participar das palestras e cursos oferecidos gratuitamente tanto pelo Departamento de Cultura e Eventos quanto pela Escola Superior de Advocacia (ESA). “A ESA oferece aulas on-line sobre o novo Código de Processo Civil que entra em vigor em 2016. Vocês podem acessar sem pagar nada. Além disso, a OAB SP tem promovido centenas de palestras sobre o novo documento legal”, recomendou Nava.

Ética e aprimoramento técnico são as recomendações aos novos inscritos em solenidade da OAB SP 2
Novos inscritos fazem o juramento

Após os discursos, os novos advogados leram o termo de compromisso e juraram exercer a advocacia com dignidade, independência, seguindo a ética, os deveres e prerrogativas da profissão, defendendo a Constituição, o Estado Democrático de Direito, os Direitos Humanos, a Justiça, as boas leis, a rápida administração da Justiça e o aperfeiçoamento da cultura e das instituições jurídicas.

Também compuseram a mesa diretora da solenidade: a presidente da Comissão da Mulher Advogada, Kátia Boulos; Paulo Henrique dos Santos Lucon, vice-presidente do Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP), e os advogados Luiz José Pedretti, Tarcisio Pimentel Pereira, Francisco Dias de Brito e Benigno Moraes.