São Paulo sediará núcleo de arbitragem ibero-americana


21/01/2016

São Paulo sediará núcleo de arbitragem ibero-americana
Foto: Jose Cordeiro / SPTuris

A sede do Centro Ibero-Americano de Arbitragem e de Defesa, órgão destinado à resolução de conflitos internacionais tanto de caráter comercial quanto de investimentos envolvendo atores de 22 países ibero-americanos, será instalada na cidade de São Paulo. A escolha do Brasil e da maior capital da América Latina foi acordada durante a celebração do convênio que resultou no documento Marco de colaboração para a formação de um centro Ibero-Americano de Arbitragem. Assinado em Brasília, em 03 outubro de 2012, pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil e por várias entidades internacionais ligadas ao meio, o centro abrigará reuniões, debates, difusão e promoção de mecanismos de resolução de conflitos. 

Marcos da Costa, presidente da OAB SP, ressalta a importância da criação do instituto no Brasil, especificamente na capital paulista, e afirma que “a Seção São Paulo da Ordem se sente honrada e habilitada a estar ombreada com o Conselho Federal hospedando esse serviço importante para todos os povos ibero-americanos”. Na última terça-feira (19/01), durante visita ao Colégio de Advogados de Madri, na Espanha, o presidente da OAB Nacional, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, reiterou que “a cidade de São Paulo reúne todas as condições necessárias para abrigar a sede do Centro Ibero-Americano de Arbitragem”.

Para garantir o acolhimento da sede no âmbito do território brasileiro, a OAB SP e o Conselho Federal devem somar esforços no intuito de oferecer toda a experiência da entidade em favor da realização da Justiça de forma mais célere e pacífica. O Ordem dos Advogados do Brasil é uma das maiores do mundo, reunindo mais de 800 mil profissionais do Direito, e é referência para muitas entidades latino-americanas.