Cine Debate da OAB SP vai discutir o sentido dos hospitais-presídios


04/03/2016

O Departamento de Cultura e Eventos da OAB SP, por intermédio do seu Núcleo de Aprimoramento Jurídico e Integração Cultural (Najic), realiza no sábado (05/03), às 14h00, mais uma edição do Cine Debate. O documentário “A Casa dos Mortos” será exibido e posteriormente debatido no auditório do prédio da Praça da Sé.

No filme, Bubu é um poeta com doze internações em manicômios judiciários. Ele desafia o sentido dos hospitais-presídios, instituições híbridas que sentenciam a loucura à prisão perpétua. O poema A Casa dos Mortos foi escrito durante as filmagens do documentário e desvelou as mortes esquecidas dos manicômios judiciários. São três histórias em três atos de morte. Jaime, Antônio e Almerindo são homens anônimos, considerados perigosos para a vida social, cujo castigo será a tragédia do suicídio, o ciclo interminável de internações ou a sobrevivência em prisão perpétua nas casas dos mortos. Bubu é o narrador de sua própria vida, mas também de seu destino de morte.

O advogado, conselheiro Secional e Diretor do Departamento de Cultura e Eventos, Umberto Luiz Borges D’Urso, vai realizar a abertura do evento. Para ele, a atividade tem como objetivo oferecer aos colegas uma visão jurídica dos fatos de uma maneira diferente das palestras e debates convencionais. “A ideia é que o advogado possa absorver os conteúdos de uma forma descontraída, acompanhando o filme e participando das discussões acerca do Direito que serão realizadas após a exibição”, destaca.

Os debatedores serão os advogados Ricardo de Moraes Cabezón, mestre em Direitos Difusos e Coletivos, além de jornalista, e Juliana Vieira Saraiva de Medeiros, mestre e professora de Direito Penal.

As inscrições devem ser feitas no atendimento, ou por meio do link abaixo, e mediante a doação de uma lata ou pacote de leite em pó: http://www2.oabsp.org.br/asp/cultura/cultura05.asp?pgv=a&id_cultural=17882.

Serviço
Evento: “Cine Debate - A Casa dos Mortos”
Data: 05/03 - 14h00
Local: Praça da Sé, 385 - 1º andar