Posse em Americana destaca a valorização da mulher advogada e as vitórias da advocacia


14/04/2016

Posse Americana
Marcos da Costa, presidente da OAB SP, cumprimenta Ana Cristina Zulian, presidente da Subseção de Americana

A participação feminina nos quadros da OAB e as conquistas da advocacia foram temas da cerimônia de posse solene da diretoria de Americana, na noite do dia 12 de abril. A primeira mulher eleita para a presidência em 42 anos de criação da Subseção, Ana Cristina Zulian falou da experiência adquirida por três gestões consecutivas, duas vezes como tesoureira e vice-presidente em 2012/2015, e das batalhas que terá de enfrentar como presidente. “Seremos muito mais cobrados, mas sei que poderei contar com apoio da advocacia local e de todos vocês”, disse à plateia que lotou o auditório da Casa da Advocacia e da Cidadania.

Coube ao presidente da Secional paulista da Ordem, Marcos da Costa, acentuar a vitória da chapa encabeçada por Ana Zulian no período em que a OAB Nacional instituiu como o Ano da Mulher Advogada. Ele acrescentou ao discurso o leque de participação da dirigente para o bem servir à classe. “Terei o privilégio de trabalhar essa gestão com você como presidente de Americana, cidade com tradição de grandes dirigentes dessa casa”, disse diante dos demais diretores empossados: Rafael de Castro Garcia (vice-presidente), Melford Vaughn Neto (secretário-geral), Cloris Rosimeire Marcello Vital (secretária-geral adjunta), Fabiano de Camargo Neve (tesoureiro).

Posse Americana
Ana Cristina Zulian faz discurso durante a posse da diretoria da Subseção de Americana

Não faltou à fala do presidente, ainda que em um dia de festa para a advocacia local, abordagens difíceis para os advogados e para a sociedade, neste momento de crise que vive o país. “Se tem alguém que pode oferecer ao Brasil um modelo de ética é a advocacia”, afirmou. Para a classe, relatou lutas empreendidas pela Secional, e que resultaram em vitórias, como a inclusão das sociedades unipessoais no Supersimples (leia matéria no site), e o acréscimo ao Estatuto da Advocacia de uma nova prerrogativa profissional, que assegura o acesso dos advogados nas investigações. E finalizou tratando de uma batalha ainda em curso que é a de transferir a administração do Fundo de Assistência Judiciária da Defensoria Pública para Secretaria da Justiça: “Cobramos o governador para que seja enviado esse projeto de lei à Assembleia Legislativa”.

O presidente cessante, Antonio Marques dos Santos Filho declarou deixar a Subseção em boas mãos. “Ela adquiriu experiência inigualável e fará uma gestão de muitas realizações.” A cerimônia de posse contou ainda com os conselheiros Secionais Ricardo Galante Andreetta, Ana Maria Franco Santos Canalle, André Aparecido Barbosa, Audrey Liss Giorgetti. Também compareceram presidentes das Subseções da região, bem como ex-presidentes de Americana e representantes do Judiciário e do Legislativo.