Secional paulista presta solidariedade à OAB Santa Catarina pela morte violenta de advogado


25/05/2016

A Ordem dos Advogados do Brasil presta solidariedade e lamenta o ato de violência em ação de reintegração de posse que levou à morte o advogado Roberto Luís Caldart, no Município de Palhoças, em Santa Catarina. O presidente da OAB SP, Marcos da Costa, diante das informações de que o profissional foi vitimado atendendo a um cliente, reforça o sentimento que tomou conta de toda a classe desde que o grave incidente veio à tona: "Um profissional do Direito assassinado durante o pleno exercício de suas funções institui um atentado doloroso ao trabalho da Justiça e não deve, em hipótese alguma, passar impune. Espero que os fatos sejam rigorosamente apurados com a devida punição aplicada aos envolvidos”.

Todas as manifestações em torno do caso destacam que calar um profissional que representa a defesa das garantias constitucionais conforme o art. 5 da Constituição Federal não atinge somente a uma classe mas toda sociedade e, portanto, caracteriza um atentado ao Estado Democrático de Direito. Marcos da Costa solidariza-se com os familiares da vítima, os advogados da Secional de Santa Catarina e todos os profissionais que diariamente lutam pela defesa do Direito em todos os quadrantes do Brasil.