Novo ciclo de filmes que lembram o passado para preservar o futuro da democracia


23/08/2016

Novo ciclo de filmes que lembram o passado para preservar o futuro da democracia
Marcos da Costa, presidente da OAB SP e Camilo Tavares, diretor de cinema, no II Ciclo de Cinema Milton Bellintani

No ambiente que futuramente abrigará o Memorial de luta pela Justiça da OAB SP, teve início no último sábado (20/08) à programção do II Ciclo de Cinema "Milton Bellintani": Justiça e Direitos Humanos. Mais cinco filmes estão no roteiro de apresentações, sempre exibidos no terceiro fim de semana do mês, às 10 horas (informações no cartaz abaixo).

Proposto pela Comissão de Direitos Humanos da entidade com o apoio do Departamento de Cultura e Eventos, a iniciativa parte do princípio de que preservar a memória, mesmo a que registra momentos difíceis de nossa história, fortalece a democracia, como pondera o organizador do ciclo, Maurice Politi, membro do Núcleo de Preservação da Memória Política da OAB SP.

Novo ciclo de filmes que lembram o passado para preservar o futuro da democracia

Na abertura da atual série, o presidente da OAB SP, Marcos da Costa, fez questão de assistir o documentário “O dia que durou 21 anos” ao lado de seu diretor, Camilo Tavares e falou sobre a relevância do projeto em implantação no lugar, o Memorial da luta pela Justiça.

“Aqui temos a ação de um grupo de pessoas que pensam a importância desse espaço para se preservar a nossa história, valorizando o conhecimento de nosso passado, para fortalecer a democracia a permanência da democracia do presente e do futuro”, ressaltou Costa. “Hoje, trabalhamos para erguer nesse prédio restaurado e atualizado, que abrigou a Auditoria Militar onde os presos políticos foram processos, uma área de reconhecimento da boa Justiça e de incentivar à cidadania, com palestras, discussões, mostras e exposições. Me orgulho de termos proposto este Memorial que já está da fase de captação de recursos”

Do reinício do Ciclo de Cinema participaram também a secretária adjunta da OAB SP, Gisele Fleury Charmillot Germano de Lemos; a premiada fotógrafa Nair Benedicto; e a conselheira estadual da Ordem paulista, Raquel Tamassia Marques.