OAB SP encerra Campanha do Agasalho 2016


01/08/2016

OAB SP encerra Campanha do Agasalho 2016
Clarice D´Urso, coordenadora da Ação Social e Umberto Luiz Borges D´Urso, diretor do Departamento de Cultura e Eventos, na cerimônia de encerramento da Campanha do Agasalho 2016

O empenho da advocacia em ajudar quem mais precisa resultou na coleta de, pelo menos, 250 caixas de agasalhos que foram encaminhadas para nove entidades como a Casa de Caridade Dom Bosco, Obra Social São Judas Tadeu. Realizada há mais de dez anos, a Campanha do Agasalho da OAB SP também ajudou a amenizar as dificuldades dos asilos São Vicente de Paula e Brilho Celeste. “A coleta acabou, mas ainda há dezenas de caixas com agasalhos que estão em trânsito, chegando de várias Subseções de todas as regiões do Estado. Agradecemos aos advogados paulistas pela demonstração de solidariedade”, disse Clarice D´Urso, coordenadora de Ação Social da OAB SP.

Para marcar o fim da Campanha do Agasalho 2016, a OAB SP realizou um encontro no prédio Gofredo da Silva Telles Júnior, na Praça da Sé. O Coral Mix, com 40 vozes, trouxe música para a solenidade, presidida pelo diretor de Cultura e Eventos, Umberto Luiz Borges D´Urso.

OAB SP encerra Campanha do Agasalho 2016
Clarice D`Urso, coordenadora da Ação Social, realizou a entrega de medalhas e diploma aos colaboradores, na cerimônia de encerramento da Campanha do Agasalho 2016

Membros do moto clube Carpe Dien, liderados pelo presidente do grupo, o advogado Cezar Augusto de Souza Oliveira, compareceram e receberam os agradecimentos pela participação do grupo nas carreatas de arrecadação de agasalhos, ação que foi realizada pela primeira vez em 2004. A Campanha do Agasalho 2016 contou com a parceria da Damásio Educacional, que recolheu doações de estudantes e colaboradores da entidade.

A solenidade de encerramento da campanha também contou com a presença da presidente da Comissão da Mulher Advogada, Kátia Boulos; do presidente da Subseção do Tatuapé, Leopoldo Luis Lima Oliveira; do conselheiro Rui Augusto Martins; do ex-presidente da Subseção do Jabaquara, Kozo Denda; e do desembargador Antônio Carlos Malheiros.