Manifesto por Eleições Limpas tem adesão de sete candidatos a prefeito de Campinas


22/09/2016

Manifesto por Eleições Limpas tem adesão de sete candidatos a prefeito de Campinas

Durante a série de encontros com os candidatos a prefeito, realizada pela OAB Campinas, sete deles aderiram ao “Manifesto por Eleições Limpas”, idealizado pela OAB SP, contendo dez compromissos como o respeito à Lei de Responsabilidade Fiscal, a transparência nos gastos de campanha, o repúdio à utilização de caixa 2, o combate à criação de cargos comissionados, entre outros. Apenas dois candidatos não assinaram o documento sob a justificativa de serem contrários ao formato atual da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Durante uma semana, entre 12 e 16 de setembro, em horários previamente definidos com as assessorias dos partidos, a OAB Campinas recebeu, no auditório da Casa da Advocacia, os nove candidatos que disputam o pleito no município. Os encontros foram conduzidos pela Comissão Especial de Direito Eleitoral da Subseção, com a participação da diretoria. Cada candidato teve 15 minutos para expor o programa de governo para a cidade e, em seguida, o tempo de cinco minutos para responder às perguntas encaminhadas pelas Comissões Temáticas sobre assuntos saúde, educação, trânsito, e tributação.

Para o presidente da OAB Campinas, Daniel Blikstein, o evento cumpriu seu objetivo. “Abrimos um espaço democrático, igualitário para todos os candidatos, possibilitando à classe dos advogados conhecer as propostas de governo para a cidade e perguntar sobre questões de interesse da advocacia. Obtivemos da maioria dos candidatos o compromisso para a instalação da Procuradoria do Município, assunto de interesse da advocacia campineira e, o mais importante, que foi a adesão de quase todos os candidatos ao Manifesto da nossa Secional, por Eleições Limpas, dentro dos preceitos da ética e da transparência”, afirmou Blikstein, agradecendo os advogados Valdemir dos Reis Júnior e Paulo Henrique Franco Bueno - presidente e vice da Comissão Especial de Direito Eleitoral – que organizaram os encontros.

Assinaram o Manifesto elaborado pela OAB SP os candidatos Artur Orsi (PSD), Jacó Ramos (PHS), Jonas Donizette (PSB), Hélio de Oliveira (PDT), Marcela Moreira (PSOL), Marcio Pochmann (PT) e Surya Guimaraens (Rede). Já os candidatos Edson Dorta (PCO) e Marcos Margarido (PSTU) informaram serem contrários a um dos compromissos do documento e optaram por não assinar o manifesto.