Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / 03 / Em clima de união e defesa da democracia, reunião do Conselho marca festejos dos 85 anos da OAB SP

Notícias

Em clima de união e defesa da democracia, reunião do Conselho marca festejos dos 85 anos da OAB SP


20/03/2017

Em clima de união e defesa da democracia, reunião do Conselho é marcada pelas comemorações dos 85 anos da OAB SP
A partir da esquerda: Lívio Enescu, presidente da AATSP; Jose Horácio Rezende Ribeiro, presidente do IASP; Luiz Flavio Borges D'Urso, conselheiro federal; Homero Junger Mafra, presidente da OAB Espírito Santo; Felipe Sarmento Cordeiro, secretário-geral do Conselho Federal da OAB; Marcos da Costa, presidente da OAB SP; Luiz Viana Queiroz, presidente da OAB Bahia; Ronnie Preuss Duarte, presidente da OAB Pernambuco durante a abertura da reunião do Conselho

Em plenário dos conselheiros lotado, a OAB SP realizou a reunião mensal do Conselho Secional na manhã desta segunda-feira (20/03), logo após inaugurar a exposição em homenagem aos seus 85 anos de atividades no andar térreo. A mostra reúne 45 capas do Jornal do Advogado, fundado em 1974, e ficará em cartaz até 28 de abril. “Essa é uma sessão histórica”, diz o presidente da OAB SP, Marcos da Costa, logo no início dos trabalhos. “Todas as reuniões do conselho Secional têm sua relevância e momentos de registro histórico. Mas essa se inicia de forma muito festiva, com a alegria de receber, entre nós, lideranças de Ordem que unem forças e atuam em diferentes regiões do território nacional”. Além dos conselheiros, presidentes de Subseções e representantes de outras entidades da advocacia paulista, marcaram presença dirigentes da OAB Bahia, Pernambuco, Espírito Santo e, também, do Conselho Federal.

Na ocasião, uma série de homenagens foi feita a advogados presentes, que receberam condecorações pelos 85 anos da OAB SP – honrarias entregues devido à contribuição de cada um à trajetória da Ordem e da advocacia em todo o país. Marcos da Costa citou a importância dos esforços conjuntos para a concretização de iniciativas, como três recentes alterações feitas no Estatuto do Advogado resultantes do trabalho conjunto entre São Paulo e outras Secionais, sob a batuta do presidente do CFOAB Claudio Lamachia e sua diretoria. Foi o caso da garantia de mais uma prerrogativa profissional – com a presença do advogado nas investigações –, da criação da sociedade unipessoal, e da suspensão de prazos para advogadas que tiverem filhos. 

O secretário-geral do Conselho Federal da OAB, Felipe Sarmento Cordeiro, convidado a abrir os trabalhos da manhã, ao agradecer a homenagem recebida, disse que vê a Secional paulista cada vez mais presente nas atividades conduzidas em Brasília pelo CFOAB. “Importante perceber que a diretoria de São Paulo se empenha em dividir seu tempo, já tão escasso, para estar presente em Brasília e em eventos em outras Secionais”, pontua Sarmento Cordeiro. O advogado destacou, ainda, a pontualidade paulista em contribuir com a arrecadação do FIDA, um fundo de investimentos destinado às Caixas de Assistência de Advogados espalhadas pelo país.

Em clima de união e defesa da democracia, reunião do Conselho é marcada pelas comemorações dos 85 anos da OAB SP
A partir da esquerda: José Horácio Rezende Ribeiro, presidente do IASP; Homero Junger Mafra, presidente da OAB Espírito Santo; Felipe Sarmento Cordeiro, secretário geral do conselho federal da OAB; Marcos da Costa, presidente da OAB SP; Luiz Viana Queiroz, presidente da secional Bahia; Ronnie Preuss Duarte, presidente da secional de Pernambuco na Reunião do Conselho Estadual da OAB SP

Em seguida, na sequência de agradecimentos, outros pontos foram postos à mesa por dirigentes de Ordem. Para Luiz Viana Queiroz, presidente da OAB BA, a homenagem sela uma amizade de longa data entre as duas Secionais de mesmo tempo de atuação. A OAB Bahia também completa 85 anos em abril próximo. “São mais de oito décadas marcadas por lutas, conquistas, avanços e retrocessos – porque recuos são parte da vida humana – mas, sobretudo, por conquistas. Muitas delas obtidas em nível nacional, lideradas por São Paulo, e nas quais sempre estivemos lado a lado”, afirma Viana. O dirigente destacou outros pontos que considera fundamentais para a pauta da Ordem, como a forma de eleição dos dirigentes de Ordem; o avanço da tecnologia e seus efeitos para o campo da advocacia; além de temas de pauta nacional para os quais a entidade é chamada pela sociedade a se manifestar.

Há consenso entre lideranças sobre a necessidade de a Ordem contribuir ainda mais para a organização do ambiente no país, visto que, sobretudo, há grande desconfiança em relação à classe política. A OAB pode contribuir com a organização da sociedade civil, de modo a ajudar a encontrar consensos mínimos, e, posteriormente, levá-los à classe política, auxiliando na interlocução e debate de ideias. Nessa linha, Homero Junguer Mafra, presidente da OAB Espírito Santo, destacou a necessidade de ter clara a linha de atividades. “São Paulo é um exemplo de Secional que pensa no memorial dos desaparecidos sem deixar de lado o dia a dia da profissão: zela por lutas da sociedade e, também, pelas prerrogativas”, cita. “Se nós esquecermos do papel que nos cabe como OAB, nos reduziremos a um grande sindicato. A um forte sindicato, mas só um sindicato”, alerta.

Na sequência, foi a vez de Ronnie Preuss Duarte, dirigente da OAB Pernambuco, agradecer a honraria recebida. “Quero registrar a gratidão dos advogados pernambucanos pela acolhida e atenções sempre desveladas pela OAB São Paulo em relação a tudo o que interessa à advocacia brasileira”.

Em clima de união e defesa da democracia, reunião do Conselho é marcada pelas comemorações dos 85 anos da OAB SP
A partir da esquerda: Luiz Flavio Borges D'Urso, conselheiro federal; Marcos da Costa, presidente da OAB SP; Gisele Fleury Charmillot de Lemos, secretária-geral adjunta; Caio Augusto Silva dos Santos, secretário-geral e Ricardo de Toledo Santos, tesoureiro na entrega medalhas comemorativas da Ordem pela passagem dos 85 anos de sua fundação, na Reunião do Conselho Estadual da OAB SP

Os dirigentes compuseram a mesa ao lado de José Afonso da Silva, constitucionalista e professor titular da Universidade de São Paulo; os conselheiros Secionais Carlos José dos Santos da Silva e Livio Enescu; o presidente da Associação dos Advogados de São Paulo (AASP), Marcelo von Adamek; Luiz Flávio Borges D’Urso, conselheiro federal e membro honorário vitalício da OAB SP; José Horácio Halfeld Rezende Ribeiro, presidente do Instituto dos Advogados do Brasil (IASP); os membros da diretoria da CAASP, Jorge Eluf Neto, Alexandre Ogusuku e Rodrigo Ferreira – que também é vice-presidente do conselho deliberativo da OABPrev-SP –; a diretoria da Secional, Ricardo Toledo Santos Filho, Gisele Fleury Charmillot Germano de Lemos, Caio Augusto Silva dos Santos; e a conselheira federal pelo ES, Flávia Brandão. Também esteve presente na entrega de honrarias o vice-presidente da OAB SP, Fábio Romeu Canton Filho.

Veja mais imagens na Galeria de Fotos