Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / 08 / Semana Jurídica lota auditório da Casa da Advocacia em Campinas para ouvir Dalmo Dallari

Notícias

Semana Jurídica lota auditório da Casa da Advocacia em Campinas para ouvir Dalmo Dallari


23/08/2017

Semana Jurídica lota auditório da Casa da Advocacia em Campinas para ouvir Dalmo Dallari

Em comemoração ao Mês do Advogado, a abertura da Semana Jurídica na Casa da Advocacia de Campinas contou com mais de 400 pessoas para assistir a palestra do jurista Dalmo de Abreu Dallari (21/08). O evento teve a participação do vice-presidente da OAB SP, Fábio Romeu Canton Filho, representando o presidente Marcos da Costa, e da secretária geral-adjunta da OAB SP, Gisele Fleury Charmillot Germano de Lemos, que estiveram acompanhados do presidente da OAB Campinas, Daniel Blikstein.

“É uma grande oportunidade presenciar a palestra de um dos mais importantes juristas do país”, pontuou o vice-presidente da Seccional, Fábio Romeu Canton Filho, não início da solenidade. O presidente da Subseção, Daniel Blikstein, reforçou a ponderação de Canton: “É um dia especial recebermos o ilustre Dalmo Dallari, que é um referencial do Direito para nós todos, assim como foi um referencial na gestão pública o ex-prefeito de Campinas, Francisco Amaral”.

A menção antes do início da palestra se deu pela homenagem ao ex-prefeito da cidade, também advogado e deputado por seis legislaturas, falecido em janeiro. "O Francisco Amaral foi um dos signatários da nossa Carta Magna de 1988 e foi um advogado brilhante”, destacou o conselheiro da Secional e ex-presidente da Subseção de Campinas, Dijalma Lacerda, que lembrou a trajetória do ex-prefeito ao reverenciar à família, ali representada pela viúva, Marília Martorano Amaral e as filhas Yara e Eliana, a importância do homenageado.

Constituição na vida dos povos

Semana Jurídica lota auditório da Casa da Advocacia em Campinas para ouvir Dalmo Dallari

Em sua palestra, Dalmo Dallari discorreu sobre a Constituição do século XVIII à atualidade, citando fatos históricos importantes na composição da Constituição em vários países como França e EUA que exerceram influência sobre as primeiras Constituições do Brasil. “Acredito profundamente no Direito e na Constituição como instrumento do direito e da Justiça. É extremamente importante essa oportunidade de uma reflexão a respeito dessa temática”, ponderou.

O jurista destacou passagens sobre a relevância da advocacia no processo de elaboração da Constituição. Segundo relatou, na Convenção de Filadélfia (1787), que originou a Constituição dos Estados Unidos, a primeira elaboração teve 55 delegados, sendo 34 advogados. Lembrou também que, na primeira Constituinte do Brasil (1823), o então deputado constituinte, José Feliciano Fernandes Pinheiro, propôs a criação da primeira Faculdade de Direito no Brasil. “Ao mesmo tempo em que o Brasil adotava uma Constituição, decidia criar um curso jurídico próprio para que os brasileiros não fossem a Coimbra, para que tivessem sua formação jurídica, tendo em conta a realidade brasileira”, mencionou o jurista.    

A realização da Semana Jurídica da OAB é coordenada pelo secretário geral-adjunto da Subseção, Paulo Braga e contou com a presença dos conselheiro Secionais Raquel Tamassia Marques, e Lucia Helena Sampataro Cirilo; da deputada estadual, Célia Leão; e do representante da Superintendência Regional do Branco do Brasil, Kepler da Silveira Palhano.