Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / 09 / Fóruns exibem a mostra “Advocacia, uma história de Defesa e Cidadania”

Notícias

Fóruns exibem a mostra “Advocacia, uma história de Defesa e Cidadania”


13/09/2017

Fóruns exibem a mostra “Advocacia, uma história de Defesa e Cidadania”
Abertura da Exposição Advocacia - Uma História de Defesa e Cidadania no Fórum Trabalhista Ruy Barbosa

Em mais uma ação para celebrar o ano em que a Seção São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil completa 85 de existência, a entidade está promovendo, com o apoio dos Tribunais Trabalhista Ruy Barbosa e Criminal Ministro Mário Guimarães, a exposição Advocacia – Uma história de Defesa e Cidadania em homenagem aos advogados que desenvolveram sólidas carreiras no meio, sempre em defesa dos direitos individuais e coletivos, primando pela preservação dos valores republicanos no Estado Democrático de Direito. A reunião de banners com a imagens e textos que sintetizam a vida desses profissionais estão nos saguões dos Fóruns, situados no bairro da Barra Funda, reuniram na abertura (06/09) autoridades, a direção da OAB SP e os familiares de muitos dos homenageados. A exposição fica em cartaz até 26/09. 

Na inauguração, no Fórum Trabalhista, Marcos da Costa, presidente da OAB SP, pontuou o sentido de marcar este ano da entidade por meio da exposição: “Nas pessoas dessas advogadas e desses advogados estamos homenageando todos que militam nessa área. O Direito do Trabalho é a área mais social do Direito e que traz a maior preocupação com a construção de um país mais justo, mais fraterno. O advogado trabalhista trata de uma relação conflituosa, mas o faz de maneira a preservar a dignidade do trabalhador e a economia do país. Então essa exposição como um agradecimento que a advocacia e a OAB SP fazem a esses brilhantes advogados e advogadas que contribuíram tanto para a Justiça do Trabalho e para a formação da cultura jurídica do país”.

Representando seu pares por militar na advocacia trabalhista, Oscar Alves de Azevedo agradeceu em nome dos advogados notáveis ali representado e que não estão mais aqui para festejar. “Quando perdemos cada um deles, perdemos uma biblioteca. Esses advogados que tinham um acervo de conhecimento e uma concepção humanística do Direito do Trabalho foram nos deixando aos poucos, mas deixaram as suas sementes. Hoje prestamos um reconhecimento público do papel importante que tiveram na construção da Justiça do Trabalho”.

Fóruns exibem a mostra “Advocacia, uma história de Defesa e Cidadania”
A partir da esquerda: Paulo Eduardo Almeida Sorci, juiz-corregedor do Decrim; Marcos da Costa, presidente da OAB SP; Fábio Canton, vice-presidente da OAB SP, e Luiz Flávio Borges D'Urso, conselheiro Federal, na abertura da Exposição Advocacia - Uma História de Defesa e Cidadania, no Fórum Criminal Ministro Mário Guimarães

Os irmãos D’Urso, filhos de um dos mestres do Direito Trabalhista que teve sua trajetória de dedicação ao ensino e ao aprendizado contínuo na área retratada na mostra, Umberto Luiz D´Urso, falecido  em 2014, recebeu dos filhos palavras de gratidão. Luiz Flávio Borges D´Urso, ex-presidente da OAB SP e conselheiro federal da Ordem, destacou estar particularmente emocionado. “Meu pai está retratado num desses banners. Ele foi um homem que se dedicou à advocacia e a ensinar o Direito do Trabalho. Em nome da família e dos demais advogados aqui retratados, agradecemos à diretoria da Ordem, aos conselheiros e aos presidentes de Subseções aqui presentes”. Na mesma linha, o também advogado Umberto D´Urso acentuou: “Nós temos a obrigação de cultuar a memória, um país que não tem memória não terá um futuro. A OAB SP está de parabéns por trazer essa exposição, mostrando que nós temos esperança num país, num futuro especial”.

No Fórum Criminal, o juiz e diretor do Complexo Judiciário Ministro Mário Guimarães, Paulo Eduardo Almeida Sorci, recebeu em sua sala membros da OAB SP e, depois, passeou com eles pela mostra ouvindo histórias dos personagens que marcaram a trajetória da Secional Paulista e da prática do Direito encabeçada pelas ilustres figuras ali retratadas.

Participaram dos eventos, além dos já citados, Diego Bocuhy Bonilha, juiz auxiliar da 5ª vara das Execuções Criminais; Maurício Granadeiro Guimarães, filho do homenageado José Granadeiro Guimarães; Gustavo Granadeiro Guimarães, neto de José Granadeiro Guimarães; Annette Schwartzman, filha de Marcos Schwartzman; Victoria Schwartzman, viúva de Marcos Schwartzman; e Rogério Koschitz, filho de José Leme de Macedo.

Veja mais imagens da exposição no Fórum Trabalhista na Galeria de Fotos

Veja mais imagens da exposição no Fórum Criminal na Galeria de Fotos