Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 2017 / 11 / Alesp celebra 85 anos da OAB SP e recebe exposição Advogados paulistas a serviço do Brasil

Notícias

Alesp celebra 85 anos da OAB SP e recebe exposição Advogados paulistas a serviço do Brasil


01/11/2017

A Seção São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil e a advocacia paulista acumulam um histórico de contribuições importantes para a construção e a defesa do Estado Democrático de Direito, a promoção do respeito à Constituição e a realização da Justiça. A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, em reconhecimento ao papel desempenhado pela entidade e pela classe, fez uma sessão solene (27/10) para celebrar os 85 anos da OAB SP e abrir a exposição "Advogados paulistas a serviço do Brasil", instalada no saguão de entrada do Palácio 9 de Julho. A homenagem foi proposta pelo deputado estadual Campos Machado.

A mostra apresenta uma síntese do papel da advocacia paulista em momentos e cargos significativos para a história do País e do estado de São Paulo, como o processo de construção das cinco Constituições brasileiras (1891, 1934, 1937, 1946, 1967 e 1988), com as respectivas listas de nomes dos constituintes que eram advogados paulistas. Destaca-se, na exposição, aqueles que ocuparam cargos eletivos nos Poderes Legislativo e Executivo, desde a prefeitura de São Paulo até a presidência da República, em mais de um século de história. Ulysses Guimarães, presidente da Assembleia Nacional Constituinte; André Franco Montoro, governador do Estado de São Paulo; e Plínio Barreto, governador do Estado e primeiro presidente da OAB SP, estão entre os retratados.

A sessão solene foi realizada no Plenário Juscelino Kubitschek, com a advocacia presente no espaço mais nobre da Casa Legislativa do Estado. Logo após dar as boas-vindas, o presidente da Alesp, deputado Cauê Macris, passou a presidência da sessão para o proponente da homenagem, deputado Campo Machado. “A população paulista homenageia e deposita esperanças nos advogados. Algo diferente do temor que uma parcela tem de magistrados e membros do Ministério Público, algo que precisa mudar”, disse.

O presidente da OAB SP, Marcos da Costa, em nome da classe, agradeceu aos deputados estaduais que participaram da homenagem aos 85 anos da entidade. No discurso, fez um breve retrospecto da história da Ordem paulista e da contribuição da Justiça, em especial a advocacia, para a pacificação social. “A advocacia não se submete à temas populistas, não aplaude iniciativas que violam garantias constitucionais e não sucumbe à tentação fácil de se apresentar como algo agradável. Sabedora da sua responsabilidade, a advocacia continua sendo a verdadeira trincheira de defesa da cidadania”, pontuou.

Ibaneis Rocha Barros Junior, secretário-geral adjunto do Conselho Federal da OAB, aproveitou a ocasião para reforçar a importância da advocacia paulista, uma vez que sete presidentes do Conselho Federal tinham como origem os quadros da Secional São Paulo. Os discursos que sucederam a palavra do representante do CFOAB na sessão trouxeram para o plenário visões da colaboração da entidade de classe para a sociedade.

Luiz Flávio Borges D´Urso, conselheiro federal e membro honorário da OAB SP, colocou a advocacia como a verdadeira trincheira de defesa dos direitos do cidadão, algo que reflete na entidade, fazendo com que as disputas e debates dentro da Ordem sejam em torno dos interesses maiores da nação. Outro membro honorário da OAB SP, João Roberto Egydio Piza Fontes criticou o crescimento na frequência de casos de violação das prerrogativas profissionais da advocacia. “Isso é algo relacionado aquilo que podemos chamar de ditadura do Judiciário, a pior possível, pois não o que fazer contra”, cravou.

Representando o Judiciário nessa sessão solene, José Pedro de Camargo Rodrigues de Souza, desembargador do TRT 15ª Região, disse estar presente para honrar a advocacia: “Todo magistrado e membro do Ministério Público foi advogado e teve sua inscrição na OAB. O respeito com a advocacia é uma obrigação”.

Veja mais imagens na Galeria de Fotos