Subseção de Monte Alto valoriza conquistas civilizatórias e destaca desafios da advocacia

Tweet


24/04/2019

18.04.2019- Posse da diretoria da Subseção de Monte Alto

Compromissos assumidos pela Seção São Paulo da Ordem na defesa do cidadão, dos direitos humanos e das prerrogativas profissionais foram exaltados nos discursos de posse (18/04) da Subseção de Monte Alto, na região metropolitana de Ribeirão Preto. Presidida por Marcelo Zocchio de Brito, a diretoria da OAB local é formada por advogados e advogadas jovens, sendo Karen Pinhatti, vice-presidente; Raphaela Rossi Martins, secretária-geral; Jean Ricardo Galante Longuin, secretário-geral adjunto; e Thiago Fanbtoni Vertuan, diretor-tesoureiro.

Ao conduzir os trabalhos, no Espaço CREA-SP do município, o presidente da Secional paulista da Ordem, Caio Augusto Silva dos Santos, advertiu aos presentes acerca de suas responsabilidades enquanto porta-vozes da sociedade. De acordo com o dirigente, a Constituição, quando diz que o advogado é indispensável à administração da Justiça, traz a compreensão de que alguém tem de estar ao lado do cidadão para defender sua visão de mundo. 

“Essa materialização de direitos se dá pelas mãos do advogado”, enfatizou. Ao referir-se às autoridades, o líder da advocacia paulista acentuou também ser dever da entidade salvaguardar os poderes constituídos, como o Judiciário, o Legislativo e o Executivo. “Não é sem razão que a OAB SP saiu em defesa da Justiça trabalhista, ameaçada de extinção, por entender que se trata de conquista civilizatória. É ela que traz equilíbrio de interação entre empregados e empregadores”, pontuou. 

Entre outros temas, o dirigente, que estava acompanhado do secretário-geral, Aislan de Queiroga Trigo, tratou da importância de a classe manter-se unida e enalteceu o ingresso dos recém-inscritos nos quadros da instituição.

Ao falar da defesa das prerrogativas profissionais, Zocchio de Brito acentuou a relevância de ter magistrados que respeitam os operadores do Direito. Analisou a responsabilidade de dirigir a Subseção com 33 anos de criação e informou a todos que, brevemente, serão iniciadas as obras para a construção da Casa da Advocacia e Cidadania. “Teremos, à frente, uma gestão de conquistas, mas estamos conscientes de que serão grandes os desafios em defesa da classe, principalmente neste momento de dificuldades pelo que passa o país”, afirmou. Presente à solenidade, o juiz-diretor do Fórum, Gilson Miguel Gomes da Silva, reiterou a deferência entre os representantes da Justiça em Monte Alto. “Temos apreço pela advocacia, que está lutando pelos direitos da população”, disse.

Presenças
Compareceram os conselheiros Secionais Marco César Gussoni e Mário Luiz Ribeiro, o presidente cessante Jeferson Iori, bem como diretores das Subseções da região. Também estiveram presentes demais representantes do Judiciário, do Executivo e do Legislativo no Município.