You are here: Home História da OAB A FUNDAÇÃO DO IASP

A FUNDAÇÃO DO IASP

1874

A FUNDAÇÃO DO IASP

Barão de Ramalho

Em 17 de junho de 1875, uma cerimônia realizada na sede do Tribunal da Relação de São Paulo (na Rua Boa Vista, nº 20), instalou o Instituto dos Advogados de São Paulo. A cerimônia, prestigiada pelas mais altas autoridades da província, coroava os esforços empreendidos desde 29 de novembro do ano anterior por um grupo de advogados residentes na capital paulista, que decidiu unir forças para levar adiante a tarefa de criar um instituto que fomentasse, na cidade, o debate e a troca de ideias sobre os intrincados meandros das ciências jurídicas.

Na ocasião, Joaquim Ignacio Ramalho, que viria a ser Barão de Ramalho, nome escolhido por aclamação pelos fundadores do Instituto para presidi-lo em seus primeiros passos, pronunciou um discurso em que já se anunciava a principal missão que a entidade viria a ter em toda a trajetória na história paulista e brasileira.

“O estudo do Direito aplicado à vida prática” – afirmou o então Conselheiro Ramalho –, “tal é a nossa empresa, tão difícil e trabalhosa quanto dignificante, porque é da exata observância das leis e do respeito inviolável ao Direito que depende, em grande parte, a felicidade dos povos”[1].



[1] OLIVEIRA, João Gualberto. 50 Anos do Instituto dos Advogados de São Paulo. São Paulo: IASP, 1966, p. 8.

Anterior

Próximo