A carta

Fonte: "Notícia Histórica da Ordem dos Advogados do Brasil 1930-1980" Alberto Venancio Filho

A carta ao Professor Valladão, assinada por André de Faria Pereira, revelou dados importantes. André, Procurador-Geral do Distrito Federal influente no Gabinete de Oswaldo Aranha, relata como convenceu o então Ministro da Justiça do Governo Provisório a incluir a criação da OAB no Decreto 19.408. Afinal de contas, havia sido ele o verdadeiro mentor e redator do projeto do Decreto. Em nova carta 5 anos depois, André de Faria Pereira conta como percebeu a ocasião altamente oportuna para concretizar o sonho centenário do IAB. “ Levei o projeto a Oswaldo Aranha, que lhe fez uma única restrição, exatamente no artigo 17, que criava a Ordem dos Advogados, dizendo não dever a Revolução conceder privilégios, ao que ponderei que a instituição da Ordem traria ao contrário, restrição aos direitos dos advogados e que, se privilégio houvesse, seria o da dignidade e da cultura.”