Termina a República Velha

Fonte: "Notícia Histórica da Ordem dos Advogados do Brasil 1930-1980" Alberto Venancio Filho

Em 1928, ainda não haviam sido vencidas as sutis resistências políticas à definição da personalidade jurídica da Ordem dos Advogados do Brasil. Extinguiu-se a República Velha sem que as atribuições do Instituto evoluíssem além do que havia sido aprovado cem anos antes. Foram em vão os esforços e a argumentação de Alfredo Pinto, Ministro da Justiça em 1916. O Projeto de Lei levado ao Senador Mendes de Almeida simplesmente não teve andamento. Os defensores da Ordem não admitiam que a instituição se tornasse mais um órgão de utilidade pública. Entendiam eles estar em jogo mais do que a moralização da profissão. A luta iniciada um século antes refletia a luta de todo o país pelo estabelecimento de instituições que assegurassem direitos iguais a todos os cidadãos.