PARABÉNS, SÃO PAULO

Luiz Flávio Borges D'Urso

 

São Paulo completa 458 anos como uma das maiores e mais influentes metrópoles do planeta, em termos econômicos, sociais e culturais. Quando São Paulo recebeu o primeiro curso jurídico no dia 11 de agosto de 1827, a capital paulista era somente uma pequena vila como tantas outras espalhadas pelo Estado, tinha menos de 20 mil habitantes na época, atualmente a população da capital paulista soma mais de  11 milhões de habitantes.

 

A instalação do primeiro curso jurídico do país por decreto imperial foi certamente um divisor de águas na história da cidade paulistana. As bancadas da Academia, também conhecida como “Arcadas”, por sua arquitetura, atraíram um grande número de estudantes e professores de outras regiões, e estes estimularam o florescimento do comércio e das artes.

 

Para dar conta da crescente demanda criada a partir do fluxo migratório e das exigências culturais desse novo público, começaram a aparecer diversos hotéis, restaurantes, teatros e repúblicas, entre outros locais e serviços. A incipiente imprensa brasileira também dava seus primeiros passos em São Paulo no mesmo ano de 1827, atraindo os estudantes de Direito .

 

Ao garantir uma boa formação intelectual aos estudantes de Direito, o país passava a ter cidadãos aptos a assumir cargos de liderança e defender os interesses brasileiros, poucos anos após a independência do país, sem precisar enviar seus jovens para estudar na Europa.

 

Pelo Largo de São Francisco, hoje Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, passaram alguns dos mais ilustres e brilhantes intelectuais que a política e as artes já viram no país, como Rui Barbosa, Álvares de Azevedo, Joaquim Nabuco, vários presidentes e dezenas de governadores, entre muitas outras figuras importantes.

 

Dessas sementes plantadas no universo do Direito, floresceu grande parte da  cidade cosmopolita que conhecemos hoje, na vanguarda nas artes, na política, na economia e na educação. Maior potência econômica nacional concentrou ao seu redor um polo industrial variadíssimo, de alta tecnologia e do setor automobilístico.

 

É em São Paulo que se concentram também algumas das maiores empresas do setor de serviço do país, como na área de imprensa e de telecomunicações. Tal pujança é construída no esforço diário de seus habitantes, a maioria composta de imigrantes ou seus descendentes, gente vinda de todas as partes do país e do globo, no maior município brasileiro e um dos maiores do planeta.

 

 

São Paulo pode comemorar mais um aniversário ciente de seu papel crucial no desenvolvimento do país e na consolidação da identidade nacional. São 458 anos de glórias e conquistas. Parabéns, São Paulo!

 


Luiz Flávio Borges D’Urso, advogado criminalista, mestre e doutor em Direito Penal pela USP, professor Honoris Causa da FMU, é presidente da OAB SP.