OAB-SP debate Cracolândia.


19/11/1998

Comissão de Direitos Humanos promove debate sobre Cracolândia.

A Sucomissão de Segurança Pública da Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP promove no dia 19 de novembro, às 18h30 debate sobre a “Cracolândia”. Trata-se do quadrilátero formado por casas abandonadas e invadidas por crianças e adolescentes usuários de crack, além de bares, pequenas pensões e hotéis espalhados pelas ruas dos Andradas, Barão de Piracicaba, Alameda Nothmann, Couto de Magalhâes, Dino Bueno, Gal. Osório, dos Gusmões, Helvétia, Protestantes, Santa Ifigênia, Triunfo e Vitória, no Centro da Cidade. De acordo com a coordenadora da Subcomissão de Segurança Pública da Comissão de Direitos Humanos, a advogada Margaret de Souza, o número de imóveis chegam a 89, onde a máfia do crack atua. As crianças e adolescentes, para manterem o vício, promovem assaltos e furtos na região central, armadas de tesouras, canivetes e estiletes.<br><br>

Participarão do debate representantes da Associação de Juizes para a Democracia, Delegacia Geral da Polícia, Contru, CDHU, Políticas Militar e Comunitária, Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, Associação Viva o Centro, Promotoria de Defesa e Cidadania, além de representantes dos hotéis do Centro e entidades que cuidam de crianças viciadas. Segundo Margaret, o objetivo do encontro é encontrar uma solução comum capaz de apontar alternativas ao tratamento dessas crianças, cerca de 400, e reintegrá-las às suas famílias.